Goiás e Cruzeiro ficaram no empate em 1 x 1 na noite desta terça-feira, feriado de 7 de setembro no Brasil, no encerramento da 22ª rodada. A Raposa abriu o placar aos 17’ com Thiago. Logo após, os Esmelradinos igualaram o marcador com Élvis. Assim, os times repetiram o placar do duelo do primeiro turno disputado no Mineirão.

Assista aos melhores momentos de Goiás x Cruzeiro

1° tempo: times movimentam, mas não saem do zero

O Goiás foi melhor na primeira etapa. Com mais posse de bola os donos da casa arriscaram com chutes de longe e levaram perigo ao gol adversário. O Cruzeiro por sua vez optou por jogar no contra-ataque, mas não conseguiu encaixar nenhuma saída de bola e praticamente não assustou o mandante no Serrinha.

2° tempo: gols relâmpagos igualam o placar

No complemento, a partida ficou mais agitada. Aos 17’, Thiago recebeu de Wellington Nem dentro da área e tocou na saída do goleiro. 1 x 0. O time comandado por Luxemburgo mal teve tempo de comemorar, entretanto, já que o Goiás marcou dois minutos depois. Élvis livre de marcação recebeu passe de Nicolas e finalizou de longe no canto direito para deixar tudo igual. A Raposa seguiu buscando o ataque e teve boa chance com Thiago aos 45’, mas a arbitragem assinalou impedimento na jogada.

GOIÁS X CRUZEIRO – E AGORA?

Com o resultado o Goiás soma 39 pontos e é o 3° colocado na tabela. A saber o clube fica a seis pontos de distância para o líder Coritiba e a quatro para o vice-líder CRB. Por outro lado, o Cruzeiro, com 26 pontos, dorme na 14ª posição. Agora as equipes se preparam para a disputa da 23ª rodada no próximo sábado (11).

Desse modo, a Celeste enfrenta a Ponte Preta na Arena do Jacaré, às 11h (horário de Brasília).  Em seguida, às 21h (horário de Brasília), o Esmeraldino mede forças com o CRB, no estádio Rei Pelé.

FOTO DESTAQUE: Divulgação/Rosiron Rodrigues/ Goiás EC

Izabela Avelar
Izabela Avelar, mineira de 22 anos. Estudante de Jornalismo na UNA, em Belo Horizonte. Amo esportes e em especial a paixão dos brasileiros: o futebol. Tenho apreciado esta arte pelas arquibandas. Agora me aventuro também pelos bastidores. Para as mulheres, não é fácil entrar nesse mundo. Eu decidi enfrentar. Estou em busca do meu espaço. Levar a alegria de forma imparcial. E provar que mulher entende sim de futebol.