Antes de mais nada, o Goiás venceu o Brasil de Pelotas, por 2 x 1, neste último sábado (18), em partida válida pela 24ª rodada do Brasileirão Série B 2021. Dessa forma, em jogo de dois pênaltis, o talento de Alef Manga permitiu a vitória da equipe da casa e a sequência pela busca da liderança do campeonato.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DE GOIÁS X BRASIL DE PELOTAS

1º TEMPO: POUCAS OPORTUNIDADES E VACILO DE OLIVEIRA

Sendo assim, em uma primeira etapa onde não se criou oportunidades para abrir o placar, o jogo só se viu realmente animado perto do intervalo. Dessa forma, após cruzamento na área do Brasil de Pelotas, o lateral Oliveira acabou cometendo pênalti, após derrubar o jogador do Goiás com um empurrão por trás. Dessa maneira, o placar foi aberto após cobrança de Alef Manga no canto do gol.

2º TEMPO: ALEF MANGA BRILHA E XAVANTE PRESSIONA NO FINAL

Dessa maneira, a segunda etapa se fez mais animada desde seu inicio e foi quando a equipe da casa conseguiu ampliar a vantagem. Assim, aos 16′, após grande jogada de Alef Manga, o atacante apenas deixou Caio com o gol livre para marcar. Dessa forma, após esse lance o Goiás dominou o jogo, criando diversas chances que em pouco resultaram. Porém, nos últimos momentos da partida, o Brasil de Pelotas acabou tendo uma chance de reagir. Após Iago Mendonça acertar a cabeça de um dos atacantes do Xavante, o pênalti foi concedido para a equipe gaúcha e convertido por Erison, finalizando o placar.

GOIÁS X BRASIL DE PELOTAS – E AGORA?

Sobretudo, após o resultado no Serra Dourada, ambas as equipes não se veem com uma mudança no panorama para o resto da competição. Dessa forma, o Goiás continua em 2° colocado com 45 pontos e apenas três pontos atrás do líder Coritiba. Na próxima rodada, a equipe esmeraldina enfrenta o Avaí fora de casa. Enquanto isso, o Brasil de Pelotas se encontra no último lugar com apenas 16 pontos e 10 atrás do Vila Nova que está em 16° lugar nesse momento, recebendo o CRB em casa na próxima rodada.

Foto destaque: Divulgação/Rosiron Rodrigues/Goiás EC

Felipe Boettge
Gaúcho de 19 anos e estudante de jornalismo na UFPel. Viciado em esportes, informar e comentar a respeito deles é uma vontade que eu tenho e também um sonho.