Elenco da Ponte Preta fechado para reta final da série B. (Foto destaque: Diego Almeida/ PontePress)

Desde já o elenco da Ponte Preta está fechado para a reta final da Série B. De maneira que a diretoria alvinegra inscreveu duas revelações na última quinta-feira (30), quando terminou o prazo estipulado pelo regulamento. Do mesmo modo o volante Igor Maduro e o atacante Bruninho.

Assim também Maduro, de 20 anos, estava na Inter de Limeira e retornou ao clube depois do fim da participação na Série D do Brasileiro. Da mesma forma Bruninho, também de 20 anos, é um dos destaques da campanha alvinegra no Paulista sub-20, com três gols. Ocasionalmente o último deles foi na vitória por 2 x 0 sobre o Brasilis, na quinta-feira (30).

Tal como a uma rodada do encerramento da primeira fase, a Ponte já tem a classificação e a liderança do Grupo 4 e soma 21 pontos. Juntamente com isso os clubes da Série B tinham até 19 de agosto para preencher as 40 vagas da lista. No entanto poderiam realizar no máximo oito substituições até 30 de setembro.

Do mesmo modo Maduro e Bruninho entraram nos lugares de jogadores que já deixaram o clube ao longo da Série B, como Renatinho, Paulo Sérgio e Ruan Renato, por exemplo.

Elenco da Ponte Preta

Vale lembrar que as últimas contratações da Macaca foram o lateral-esquerdo Marcelo Hermes, o volante Yago Henrique e o meia Matheus Anjos, único que ainda não estreou pela Ponte.

Afinal, a Macaca volta a campo no sábado (2), quando enfrenta o Vila Nova, às 21h, no Majestoso, em confronto direto entre times que tentam se afastar da zona de rebaixamento.

Ocasionalmente o histórico traz 21 confrontos entre as equipes. Eventualmente já se conhecem bem: duelos pelo Brasileirão, série B e Copa do Brasil. Simultaneamente 10 vitórias para a Macaca, 4 para o Tigre e 7 empates. Assim também 0x0 foi o resultado da rodada no primeiro turno  na partida realizada em Goiás.

Além disso o primeiro jogo foi registrado em 02.02.1985 pelo grupo D do Brasileirão e a Ponte venceu por 2×1.

(Foto destaque: Diego Almeida/ PontePress)

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs