Diniz voltou a criticar arbitragem: "Não sei para que serve o VAR"

Primeiramente, o Santos novamente foi prejudicado pelo VAR, dessa vez no segundo gol da equipe do Red Bull Bragantino, onde no começo da jogada, a bola bateu na mão de Lucas Evangelista. No entanto, o juiz não marcou a infração e validou o gol da equipe da casa. Assim, ao fim da partida, Diniz retomou as críticas à arbitragem.

FERNANDO DINIZ FAZ CRÍTICAS AO VAR

Em suma, Diniz ressaltou as recorrentes falhas da arbitragem que vem ocorrendo nos jogos do Santos e prejudicando o Peixe. Dessa forma, o técnico voltou a criticar o juiz e o VAR que não interferiram no começo da jogada que ocasionou o gol do Red Bull Bragantino

“Não sei para que serve o VAR. Contra o América-MG, fomos muito superiores. No segundo tempo levamos um gol, tivemos um pênalti fácil de marcar pelo VAR. Hoje teve um lance em que o Lucas Evangelista falou dentro do campo que a bola bateu na mão dele. O VAR não tem como não ver, foi a origem do gol. É muito mais falta do que essas faltas que dão. Foi a origem do gol. Além do primeiro tempo abaixo, a arbitragem foi decisiva mais uma vez contra o Santos”, afirmou Fernando Diniz em entrevista coletiva ao fim da partida. 

Portanto, confira mais sobre o Santos:

Foto destaque: Divulgação/ Ivan Storti / Santos Futebol Clube

 

 

Alef Sousa
Sempre fui apaixonado por esportes, especialmente futebol. E vi através do jornalismo uma oportunidade de estar trabalhando com a minha Paixão. Estou no 3º Semestre da faculdade de Jornalismo. Meu grande Objetivo é torna-me repórter de campo e cobrir grandes competições. Sou um cara, extrovertido, animado, comunicativo e cheio de vontade de aprender.