Diniz pede desculpas para torcida: "Temos que nos envergonhar"

Em suma, o treinador Fernando Diniz não quis falar sobre seu futuro no Vasco. Decerto, em entrevista coletiva após a derrota contra o Vitória, em São Januário, o técnico só pediu desculpas para a torcida.

Sozinho nos microfones desta vez, o comandante não escondeu a frustração e, em poucas palavras, evitou todos os assuntos que não fossem o perdão aos torcedores:

“Eu não estou pensando em continuidade. Não sou de fazer planos para o futuro. Eu tenho é que pedir desculpas ao torcedor do Vasco, que merece muito mais do que isso. Da minha parte esforço nunca faltou. Eu amo futebol, eu quis vir para o Vasco e adoro estar aqui no Vasco. Mas o torcedor merece muito mais e temos que entregar muito mais. Não tenho a mínima pretensão de falar de planejamento. Temos que falar de agora e pedir desculpas. O torcedor veio aqui e em boa parte do jogo nos apoiou. E nós entregamos isso aí. Então temos que nos envergonhar e pedir desculpa, embora o torcedor mereça vitória e não desculpas”.

Diniz pede trabalho duro até o fim do campeonato

Portanto, agora só restou ao time cumprir tabela. Sem chances de acesso e com a maioria dos jogadores com contrato para acabar, Diniz ainda tenta colocar na cabeça dos jogadores que o time precisa vencer os três jogos que restam. Decerto, correr e trabalhar até a última rodada é o que o treinador pede:

“A gente tem que trabalhar muito, trabalhar duro, correr e dar o máximo que a gente puder nos jogos para procurar vencer as partidas. O momento não é legal, o Vasco era para subir. Não era nem para ter descido, mas o trabalho de todo mundo aqui era para subir o Vasco, vencer e procurar colocar o Vasco na Primeira Divisão”.

Foto destaque: Reprodução/Vasco

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!