Atravessando grave crise financeira e que não parece ter fim, o Cruzeiro vive momento delicado fora de campo. Agora, posteriormente às saídas de Edílson e Robinho, na última semana, o time mineiro pretende divulgar mais dispensas para sanar os cofres do clube e conseguir disputar a Série B com ‘tranquilidade'.

O presidente recém-eleito, Sérgio Rodrigues, revelou que a quebra do vínculo com os jogadores foi feita em contato com a comissão técnica de Enderson Moreira. Posteriormente, o presidente afirmou que nenhum outro jogador sairá sem o consentimento do técnico e que a Raposa passa por processo de austeridade.

Em entrevista à Rádio Itatiaia, o presidente contou que “foi uma conversa direta, em que se explicou isso. Quando vai analisar a situação de hoje, a gente precisa de austeridade. Semana que vem, vamos anunciar diversas reduções, porque é isso que a gente tem que fazer para o Cruzeiro andar”, explicou.

https://www.instagram.com/p/CAxr1M6Fofr/?utm_source=ig_web_copy_link

TRABALHO EM EQUIPE

Além do técnico Enderson Moreira, o diretor técnico, Deivid, e o diretor de futebol e das categorias de base, Ricardo Drubscky, também analisam todo planejamento. Por eles passam todas as propostas do presidente de enxugar o elenco e as finanças do clube.

“Sou um obediente de cada um dentro da sua área técnica. A sua reformulação, dentro do departamento de futebol, passa por Enderson, Drubscky e Deivid. Os três tomam as decisões, se vai reduzir elenco, se vai aumentar, se vai contratar. A análise final que eu faço, basicamente, é financeira. Ver se é bom, ruim para nós. O Enderson dando aval, dizendo que tecnicamente dá para ele tocar, ou falando que precisa de uma outra negociação. Mas todas as nossas decisões são técnicas. Não tomo decisão de marketing, até mesmo jurídica. Todas as decisões são tomadas de forma técnica-concluiu o presidente que está no cargo há uma semana e ficará até o fim de 2020”, enfatizou.

https://twitter.com/Cruzeiro/status/1270023518617505795

PENDÊNCIAS

Com relação aos demitidos e outras pendências com atletas, Sérgio Rodrigues disse que tentará um acordo de parcelamento dos débitos com os jogadores. Entretanto, a prioridade é fazer o dinheiro entrar no caixa do clube.

“Estamos tentando fazer uma proposta dentro da realidade do Cruzeiro, esperando que eles aceitem. Óbvio que isso inclui parcelamento, porque a gente quer cumprir os acordos com as pessoas. Não tem objetivo nenhum de mandar embora e virar as costas. É conseguir que eles entendam que o Cruzeiro precisa de um fôlego”, finalizou.

DE VOLTA AO CRUZEIRO?

O Cruzeiro vem se movimentando nos bastidores para encontrar o melhor elenco para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B. Posteriormente, um velho conhecido da torcida pode pintar nos próximos dias em Belo Horizonte.

Vendido pelo valor de R$ 6 milhões, o volante Lucas Romero, do Independiente, da Argentina estaria negociando sua volta ao Brasil. Assim, com muita identificação e carinho com o clube e com boa parte da torcida, o jogador pode se aparecer no Cruzeiro, que conta com um “trunfo” entre patrocinadores e investidores para reportar o atleta.

View this post on Instagram

Carta de despedida Com o coração partido mas Alegre ao mesmo tempo, quero lhe agradecer por nos mostrar a raça que você tem em campo e a determinação que impõe sobre qualquer jogo e diante de qualquer situação. Você será eternamente lembrado por nós torcedores, jamais esqueceremos o quão maravilhosa foi a sua passagem aqui no Cruzeiro. Fico triste com a sua partida, mas feliz em saber que você estará próximo de sua família, amigos e definitivamente em casa. Sei que estaremos também em seu coração que é enorme, não deixarei de te amar msm estando a mais de mil km de distância, estarei sempre ligado a você onde quer que tu esteja. Serei sempre grato ao que nos ensinamos. Como diz o ditado: “O BOM FILHO À CASA TORNA”. Então, não é um adeus, mas até logo. A torcida do Cruzeiro sempre irá te receber de braços abertos. Te amo muito. ❤️

A post shared by L U C A S R O M E R O ⚽️ (@romero_lcs29) on

Foto destaque: Bruno Haddad / Cruzeiro

Iago Almeida
Iago de Almeida Silva. Nasci em Seritinga, interior de Minas Gerais, e moro em Varginha, também em Minas. 26 anos. Formado em Jornalismo pelo Centro Universitário do Sul de Minas - UNIS. Quando pequeno, queria aparecer em câmeras; na faculdade, conheci as áreas que envolvem a profissão escolhida; formado, não recuso e não tenho medo de desafios; e, acima de tudo, amo as palavras e o amplo conhecimento por trás delas. Uma frase que me motiva: "O futuro não se encaixa nos contentores do passado" - Rishad Tobaccowala".

Artigos Relacionados