Com boa passagem pelas categorias de base do rival Goiás, o Vila Nova contratou Artur Cassiano para vestir a camisa do time sub-15 da equipe. Posteriormente, após boas atuações também no sub-17, o zagueiro foi emprestado ao Corinthians, em 2019. Assim, ficou por dois anos no clube paulista, integrando o sub-17 e o sub-20. Entre esse meio tempo, Cassiano foi atingido no olho por um tiro. Agora, retorna em definitivo para o Tigre e já treina com os companheiros em Goiânia. A partir disso, confira a entrevista exclusiva com o zagueiro para o Futebol Na Veia. 

Qual é o sentimento de estar de volta ao Vila Nova, clube que abriu as portas pra você?

“É uma felicidade grande. É um clube que sempre me abraçou e que me deu total estrutura. Por isso, fico feliz por estar de volta à minha casa que é o Vila Nova, um clube pelo qual eu tenho um amor gigante.”

Como atleta, qual é o seu principal objetivo dentro do Vila Nova?

Meu principal objetivo é me destacar na base, dando o melhor de mim, para ter uma oportunidade de estar servindo o profissional e, assim, dar muita alegria para o torcedores colorados e para o futebol goiano.”

Como foi a experiência no Corinthians? E qual foi o maior aprendizado? 

“Foi uma experiência bastante importante para a minha carreira, onde pude evoluir bastante e aprender coisas novas. O maior aprendizado que tive foi de que tenho que estar preparado todos os dias, porque a concorrência é grande para se conseguir uma vaga no time. Além disso, que também tenho que me preparar como um atleta de alto nível e estar preparado para qualquer situação.”

Como foi retornar aos treinamentos depois do acidente? Já pode participar de jogos oficiais? 

“Voltar depois de tudo que aconteceu é uma alegria imensa. Só tenho a agradecer a Deus por estar vivo aqui hoje. Tive momentos muitos difíceis, mas graças a Deus passei por cima de todos eles. Desde o período da minha recuperação eu já treinava, me preparei e lutei bastante, pensando no meu sonho, para voltar mais forte ainda. Hoje o acidente é só lembranças, marcas e agradecimentos ao Senhor. Portanto, o foco é outro: agora, é voltar a fazer o que eu amo, ajudar o clube onde estou e dar alegria a todos que me ajudaram e torceram por mim. Por fim, estou totalmente liberado para tudo, não tem nenhuma restrição. Dessa forma, agora, é me dedicar aos treinos e voltar a jogar em alto nível.”

Quais são as expectativas pra esta nova temporada? 

“As expectativas são grandes, espero ajudar com o melhor de mim, como vinha sendo feito antes de eu ir para o Corinthians. A mentalidade é de buscar todos os títulos dessa temporada, colocar o nome do Vila Nova no topo da base, onde é o lugar que sempre deve estar. E estou preparado, caso apareça a oportunidade para estar servindo o profissional.”

Foto destaque: Reprodução/Instagram Artur Cassiano

Danyela Freitas
Danyela Freitas
Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (não necessariamente nessa ordem).
https://www.instagram.com/danyelaf/