chapê

A semana começou feliz para quem tem verde na camisa. Em suma, isso se deve porque a Chapecoense, a querida Chapê, está de volta a Série A do Campeonato Brasileiro. Após grande campanha na 2ª divisão, a equipe conquistou o acesso antecipado e disputará a elite, ainda esse ano.

Com um inicio de temporada conturbado e o trauma do primeiro rebaixamento de sua história, o Verdão do Sul deu a volta por cima ao apostar em uma reconstrução. O acesso foi confirmado após a vitória por 2 a 1 sobre o rival Figueirense, na Arena Condá, em Chapecó, pela 34.ª rodada.

A QUEDA

Com apenas 32 pontos conquistados no Brasileirão Série A 2019, a Chapecoense caiu para a Série-B, pela primeira vez em sua história. De fato, foi uma campanha apagada, totalmente diferente das apresentadas pela equipe nos anos anteriores.

Caloura na elite e, consideravelmente, no futebol brasileiro, se levarmos em conta que a maioria dos clubes são centenários, a Associação de apenas 47 anos, apresentou boas atuações durante o período em que esteve entre os gigantes nacionais. Contudo, bastou seis anos, para encontrar sua primeira grande “crise” e ser rebaixada.

Em suma, ao todo, o ano de 2019, foi ruim para os catarinenses, visto que o rival Avaí também acabou caindo. Em retrospecto, o Alviverde colecionou números negativos, com 19 derrotas, 10 empates e apenas seis vitórias. Inevitavelmente, a queda era prevista, com um aproveitamento de 26,7%. Além disso, marcou 27 gols e sofreu 49, fechando com um precário saldo de -22.

Chapê
Jogador chora após rebaixamento no Brasileirão de 2019 Foto: Tarla Wolski/Futura Press

RECONSTRUÇÃO

Após um fraco ano de 2019, a Chapê começou 2020 visando o recomeço. Apesar do otimismo, não começou bem e quase acabou rebaixada, dessa vez, no estadual. Entretanto, a equipe resolveu arriscar e contratar o jovem treinador Umberto Louzer. Posteriormente, com maestria, assumiu o cargo e levou o clube do inferno ao céu, ao tirá-los da lanterna e levá-los ao título catarinense. Nesse ínterim, começou a Série-B com potencial. Assim, o comandante, chamou a atenção do Cruzeiro e, após sondagens, optou por permanecer no Verdão.

A VOLTA POR CIMA

Na Série-B, estreou com um empate sem gols diante o Oeste. Do mesmo modo, com a final do Catarinense, não jogou a 2º rodada. Simultaneamente, na seguinte, conheceu sua primeira vitória frente o Sampaio Corrêa. Sobretudo, compôs uma campanha digna e, quase que todo o campeonato, disputou a liderança em conjunto com o América-MG.

Atualmente na 2ª posição da tabela com 66 pontos, matematicamente, está classificada para a elite. Há quatro rodadas do fim, a Chapê e o Coelho Mineiro estão de volta ao Brasileirão Série A. Todavia, ainda restam duas vagas e 12 clubes lutam pelo acesso.

De um rebaixamento ao êxito: a Chapecoense é a prova de que quando há persistência, há esperança. Com maturidade e cautela, aceitou o fracasso, se reconstruiu e, com louvor, conquistou novamente o seu lugar ao sol. Parabéns Chapê, bem-vinda novamente a elite. Vem com tudo!

Foto: SportTV

Avatar
Karine Gommes
Se o céu é o limite, então voe, irmão! Sou jornalista em formação do 7° semestre pela Universidade Cruzeiro do Sul. O jornalismo surgiu em minha vida, quase que simultaneamente, com a minha paixão por esportes. Necessitava viver aquilo. Assim, fui atrás. Conforme conhecia o profissão, pude visualizar quão ampla é. Apesar de ser apaixonada por esportes, eu quero vivenciar todas as vertentes que o jornalismo me proporcionar. Estou aqui para fazer jus ao meu grande sonho. Prazer, sou Karine Gommes ;)

Artigos Relacionados