novo terceiro uniforme CSA

Próximo de completar 108 anos, o CSA apresentou, nesta segunda-feira (6), seu novo terceiro uniforme para a temporada de 2021. A camisa carrega um mapa da região das cidades atingidas pelo desastre ecológico que também tirou o CSA do seu CT após 97 anos.

Desastre ambiental obriga CSA a deixar centro de treinamento

Em março de 2020, o CSA viveu um dos momentos mais tristes de sua história. Após um desastre ecológico causado pela exploração de uma matéria prima chamada sal-gema, o Azulão do Mutange teve que se despedir de sua sede, na qual estava presente desde 1922.

Nesse sentido, além da região do Mutange, onde era alocado o CT do CSA, a catástrofe também afetou os bairros: Bom Parto, Pinheiro e Bebedouro. Esta área era repleta de torcedores azulinos, que precisaram deixar seus lares por conta do risco estrutural presente na região. Dessa forma, o Azulão do Mutange apresentou seu terceiro uniforme para a temporada 2021 em homenagem às famílias que acompanhavam de perto a história do clube.

O novo terceiro uniforme

O terceiro uniforme para a temporada de 2021, feito em parceria com a Volt Sport, é predominantemente azul marinho com detalhes em azul claro. Além disso, traz ao lado do escudo o mapa da região dos bairros atingidos pela tragédia. Da mesma forma, o manto carrega na barra uma referência ao hino do clube “No Mutange Eterno Vencedor”.

“É uma camisa que vai ficar marcada para sempre. Foram quase cem anos no Mutange e esse período precisa ser eternizado na camisa. Então no aniversário do clube, temos a oportunidade de lançar a camisa que traz lembranças e mexe não só com os torcedores, mas também com os moradores do Bom Parto, Pinheiro, Bebedouro e Mutange”, disse Ricardo Lima, diretor de Negócios do CSA.

Assim, a nova camisa do Alviceleste foi lançada neste dia 7, que é o aniversário do clube, e já está à venda nas lojas oficiais do Azulão. Dessa maneira, o torcedor azulino deve ver em um futuro próximo a estreia do novo manto na temporada.

Foto destaque: Divulgação/CSA

Breno Araújo

Deixe um comentário