Cruzeiro x Vila Nova aconteceu - resultado, destaques e reação (Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova FC)

Abrindo a 33ª rodada da Série B, na noite desta segunda-feira (1º), o Vila Nova visitou o Cruzeiro. Assim, no Independência, em Belo Horizonte, a partida terminou empatada em 1 x 1, com gols de Clayton, para o Colorado, e de Giovanni, para o Cabuloso. 

Assista aos melhores momentos de Cruzeiro x Vila Nova

1º tempo: depois da paralisação, Vila Nova abre o placar, mas Cruzeiro empata

Antes de mais nada, o jogo começou com chuva, que engrossou depois do apito inicial, e com o gramado bastante encharcado. Com isso, como esperado, as jogadas trabalhadas e os toques de bola inexistiram. A primeira chance de gol aconteceu aos 11’. Assim, Clayton conseguiu dominar e arriscar, mas Fábio salvou, mandando para escanteio. Após a cobrança, aos 10’, o árbitro Dewson Freitas paralisou o duelo por conta, principalmente, do sistema de drenagem.

Depois de 38 minutos de paralisação, o árbitro reiniciou a partida. Dessa forma, com a bola rolando de verdade, as duas equipes pouco conseguiram criar jogadas de perigo. No entanto, aos 28’, o juiz foi chamado pelo VAR e, com isso, assinalou pênalti a favor do Vila Nova após falta em cima de Alesson na área. Portanto, Clayton cobrou a penalidade e mandou à esquerda do goleiro Fábio, que errou o lado: 1 x 0 para os visitantes. 

Buscando o empate, aos 33’, o Cruzeiro assustou o rival após escanteio. No entanto, Rômulo não conseguiu tocar na bola. Pressionando, Wellington Nem recebeu na grande área do Tigre e dominou a bola, mas foi derrubado por Rafael Donato. Assim, aos 37’, Giovanni bateu com tranquilidade o pênalti e empatou a partida: 1 x 1.

2° tempo: com pouca chuva e sem mais gols

Logo no retorno do intervalo, o Cruzeiro mostrava que queria buscar a virada. No entanto, os mandantes erravam muitos passes. Do mesmo modo, os visitantes também tinham dificuldade em manter a bola no chão e trocar passes. Aos 12’, pela direita, Wellington Nem invadiu a área do Colorado e chutou, mas Georgemy fez a defesa. 

Aos 32’, Dudu cobrou escanteio, Rafael Silva desviou, mas Donato não conseguiu completar para o gol. Posteriormente, novamente o zagueiro do Vila Nova chegou ao ataque. Dessa forma, após cobrança de falta de Arthur Rezende, o camisa 5 cabeceou com perigo, e Fábio defendeu. Em seguida, aos 38’, Giovanni chutou de longe, a bola quicou na frente de Georgemy, que, mesmo assim, conseguiu espalmar. Sem mais emoções, o duelo terminou num empate em 1 x 1.

Cruzeiro x Vila Nova – E agora? 

Com o empate, o Vila Nova permanece na 10ª posição, com 43 pontos. Enquanto isso, o Cruzeiro segue em 14º lugar, com 40. Em seguida, nesta quinta-feira (4), o Tigre recebe o Aquidauanense, de Mato Grosso do Sul, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa Verde, às 19h30.

Já pela 34ª rodada da Série B, o Cruzeiro visita o Londrina, nesta sexta-feira (5), às 21h30, no Estádio do Café. Posteriormente, no domingo (7), o Vila Nova encara o Guarani, no OBA, em Goiânia, às 18h15 (todos em horário de Brasília).

Foto destaque: Divulgação/Douglas Monteiro/Vila Nova FC

Danyela Freitas
Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (não necessariamente nessa ordem).