Cruzeiro: volta à elite foi adiada para próxima temporada

Objetivo do Cruzeiro na temporada 2020: voltar à elite do futebol brasileiro. Afinal, a 1ª divisão do Brasileiro é o lugar de onde a Raposa nunca deveria ter saído. Contudo, no último sábado (16) o time sofreu mais uma derrota. Na ocasião, o Juventude venceu a partida por 1 X 0 e anulou as chances de acesso dos mineiros. Assim, a coluna Rasgando o Verbo de hoje fala sobre a difícil missão de um dos grandes clubes brasileiros em retornar aos momentos de glória. A Raposa afundada em crise, com altas dívidas, queda de receita, falta de planejamento e punições vai ter que refazer o caminho das pedras e encarar o ano do centenário na segundona.

https://twitter.com/Cruzeiro/status/1350592844621344770

Por que o Cruzeiro não subiu?

Respostas aqui não faltam. Afinal, a crise na Toca da Raposa não começou com o rebaixamento inédito em 2019. A saber, enquanto comemorava títulos nos últimos anos, o time mineiro se afundava numa crise sem precedentes. Assim, veio a queda para segundona, muitos problemas financeiros, punições e uma pandemia. O pacote completo que ajudou o que era ruim ficar muito pior.

Nada deu certo para o Cruzeiro que tentou fazer uma coisa para contornar a situação. Contudo, a tentativa não surtiu efeito dentro nem fora das quatro linhas. Visto que o clube Celeste nem sequer conseguiu colocar um elenco sólido e competitivo dentro de campo. Nesse caso, se existiu planejamento em algum momento, ele falhou com sucesso. Além disso, durante a temporada o time de tradição desapareceu. Pois os resultados não vieram. Trocou jogador, trocou técnico. E nada.

Desempenho em casa

O Cruzeiro é o dono da segunda pior campanha como mandante na Série B. A saber, a campanha do time mineiro só ganha para a do já rebaixado para Série C, Oeste. Portanto, como mandante a Raposa só venceu cinco das 17 partidas que foram disputadas ao longo da temporada. Assim, foram conquistados somente 21 dos 51 pontos disputados em casa. A última vitória cruzeirense em casa foi no dia 15 de dezembro. No entanto, ainda restam três jogos para o time Celeste disputar e escapar de um possível rebaixamento para terceira divisão.

https://twitter.com/Cruzeiro/status/1351284086384558083

 

Opinião

O Cruzeiro precisa encarar a realidade urgentemente. Tendo em vista que o clube, embora continue um gigante do futebol nacional (e nada apaga as glórias conquistadas), não está mais elite. E sim, precisa aceitar que chegou no fundo do poço. Assim, muita coisa que não foi mudada na primeira passagem pela Série B, vai precisar ser transformada a partir de agora se o objetivo é voltar ao topo do Brasileiro. Portanto, cabe ao clube correr atrás do prejuízo que vem sendo acumulado desde que a equipe caiu de divisão. Não existe outra alternativa: é hora de devolver um grande clube ao seu lugar de pertencimento. Por fim, que a saga do Cruzeiro sirva de lição.

 

Foto destaque: Marco Ferraz/Cruzeiro

 

Dara Oliveira
Sou Dara Oliveira, estudante de Jornalismo. Orgulhosamente do norte do Brasil. Me considero uma contadora de histórias. A paixão pelo jornalismo começou ainda na infância, na mesma época que o futebol passou a ser parte importante da minha jornada. Tudo que envolve o mundo esportivo me desperta curiosidade. Eu acredito no poder do esporte como instrumento de inclusão social.

Artigos Relacionados