Um show de Cristiano Ronaldo em Portugal x Espanha

Uma pornografia futebolística! Essa definição de como foi o clássico ibérico não nada exagerada. Em Sochi, teve frango de De Gea, noite (na Rússia) inspirada de Diego Costa, golaço de Nachohat-trick de Cristiano Ronaldo. Um dos jogos mais esperados da primeira fase dessa Copa do Mundo não deixou a desejar. No final das contas, nem Portugal e nem Espanha saíram com vitória: 3 x 3 placar final.

1º Tempo

Pênalti para Portugal. No primeiro lance perigoso do jogo, aos 3 minutos, Cristiano Ronaldo gingou na frente do zagueiro da Espanha. O hispano o derrubou e o gajo não desperdiçou a chance de abrir o placar: 1 x 0. Com o gol, Portugal começou a aguardar, em seu campo, os espanhóis. Iniesta e David Silva eram os maestros da seleção treinada por Hierro.

Diego Costa empatou para a Espanha antes que Portugal começasse a “gostar” do jogo (Reprodução/Internet)

O jogo estava aberto, mas nada além do gol lusitano. Até que Diego Costa recebeu bola espirrada, dividiu com Pepe, ganhou do brasileiro, driblou duas vezes o outro zagueiro, José Fonte, e mandou cruzado sem chances para o arqueiro português: 1 x 1. O gol espanhol reforçou a proposta de ambos os times. Enquanto a Espanha dominava a posse, Portugal contra-atacava. Porém, aos 44 minutos, Cristiano Ronaldo pegou sobra, arriscou da meia-lua um chute não muito forte, mas rasteiro. O goleiro De Gea se posicionou para defender, mas aceitou o frango: 2 x 1.

2º Tempo

A segunda etapa começou com Portugal esperando em seu campo a Seleção Espanhola. Iniesta e David Silva ditavam o ritmo do meio de campo. Cristiano Ronaldo e Bernardo Silva continuavam como principais ofensividades lusitanas. Nisso, aos 10′, em bola alçada na área, Diego Costa pegou sobra já quase em cima da linha do gol e venceu a chegada com o defensor espanhol, que nada pôde fazer para evitar o tento do hispanos: 2 x 2. Sem deixar o ritmo cair, o lateral Nacho Fernández acertou um chute firme de fora da área, de primeira, sem chances para Rui Patrício, que viu a bola batendo em sua trave direita e morrendo do outro lado do gol: 2 x 3.

Após isso, o jogo seguiu do mesmo ritmo: Espanha ditando as ações e Portugal contra-atacando nos espaços deixados pelas ofensivas rivais.

Cristiano Ronaldo bateu forte e colocado no ângulo esquerdo de De Gea (Reprodução/Twitter @DoentesPFutebol)
Cristiano Ronaldo bateu forte e colocado no ângulo esquerdo de De Gea (Reprodução/Twitter @DoentesPFutebol)

Até que aos 44′, Cristiano Ronaldo sofre falta na entrada da área. Ele mesmo foi cobrar e adivinha… Mais um, hat-tick do melhor do mundo: 3 x 3. O gajo provou sua competência mais uma vez e garantiu o empate com gostinho de vitória por parte dos portugueses, que comemoraram bastante o ponto conquistado.

E agora?

Na próxima rodada do grupo B, Portugal encara Marrocos, na próxima quarta-feira (20), às 9h (de Brasília). Enquanto isso, às 15h do mesmo dia, a Espanha joga contra o Irã. Com o fim da primeira rodada do grupo B, Irã é o líder, com três pontos, após vencer Marrocos, que é o lanterna. Portugueses e espanhóis ficam empatados na segunda e terceira posição, com um ponto.

Melhores momentos

Leonardo José
Sou o Leonardo José, jovem alagoano, estudante de jornalismo e esquerdista, sim. O esporte, a filosofia e a sociologia correm em minhas veias simultaneamente. Louco pelo futebol latino. Prefiro Libertadores à Champions League. No Brasil, clássicos como CSA x CRB, Sampaio Corrêa x Moto Club e ABC x América-RN são bem mais emocionantes que Flamengo x Vasco, Cruzeiro x Atlético-MG e Corinthians x Palmeiras. Para você, leitor, não se cansar lendo minha biografia, finalizo dizendo que "todos os detalhes e os bastidores da vida precisam ser olhados com atenção". Twitter: @leo_silva997

Artigos Relacionados