A princípio a torcida pontepretana ficou animada na tarde desta quinta-feira (4). Por outro lado Marcos Júnior assinou contrato com a Ponte Preta até o final de dezembro de 2021. Bem como o volante de 21 anos chegou por empréstimo do São Paulo, equipe na qual foi revelado na Base.

Da mesma forma vale lembrar que o jovem tem no currículo títulos da Copa São Paulo de futebol Junior, Campeonato Brasileiro de Aspirantes e Super-Copa do Brasil SUB20.

Do mesmo modo realizou exames clínicos e físicos e com resultados positivos, assumiu o compromisso com a equipe alvinegra. Assim também deverá ter o nome publicado no BID em breve, ficando à disposição do técnico Fábio Moreno.

Ao contrário para ter o jogador por empréstimo, a Macaca concordou em ceder ao São Paulo a preferência de compra de João Veras, jovem atacante.  E para entender na prática, isso significa que se algum outro clube demonstrar interesse em contratar o futebolista a Ponte precisa comunicar o São Paulo, que terá a preferência no negócio. Assim também contrapartida era a exigência do Tricolor desde o início das negociações.

Juntamente com isso o jogador não teve a oportunidade de jogar no time profissional do São Paulo. Bem como acabou sendo emprestado para ganhar experiência.

Em conclusão o jogador é a sétima contratação da Ponte para a temporada. Antes, a Macaca havia anunciado Paulo Sérgio (atacante), Bruno Michel (meia-atacante), Thalles (meia), Renan Mota (meia), Ednei (zagueiro) e Vini Locatelli (meia).

Confira a ficha do jogador:

Nome: Marcos Antonio Augusto Junior
Posição: volante
Data de nascimento: 29/01/2000
Local: Santos
Pé preferencial: direito
Altura: 1m70
Peso: 67 quilos
Principal clube que defendeu: São Paulo-SP

Marcos Júnior em ação

 

Foto destaque: Divulgsção: São Paulo/ FC

Ainah Carvalho
Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs

Deixe uma resposta