São Paulo se prepara para jogar Copinha

O São Paulo já conhece o caminho que terá que trilhar na Copinha em busca do pentacampeonato. Assim, visando o título, o Tricolor terá que fazer uma boa 1ª fase, que será na cidade de São Caetano do Sul. A equipe pertence ao grupo 21 na competição.

O São Paulo caiu em um grupo interessante e é importante garantir a classificação o quanto antes. Contudo, a equipe do Morumbi é a grande favorita e não deve ter muitas dificuldades. Afinal, as categorias de base do clube são uma das melhores do país. Os jogadores estão bem entrosados, pois jogam juntos há muito tempo. Além disso, Alex chegou e se tornou a “cereja do bolo”, ou seja, deu o toque final que o time precisava.

O primeiro duelo do São Paulo será contra o CSE, no dia 5 de janeiro, às 19h30 (horário de Brasília). Depois disso, a equipe volta a campo contra o Desportiva Perilima, às 21h30. Por fim, faz a última partida da fase de grupos contra o São Caetano, às 19h30, novamente.

Diante disso, o São Paulo precisa vencer as duas primeiras partidas para se classificar antes da última rodada. Afinal, os dois melhores colocados no grupo avançam à próxima fase, que é mata-mata.

A Copinha tem uma relevância muito grande para o São Paulo. Visto que muitos atletas consagrados foram revelados nas categorias de base do clube e passaram pela competição. Claro, o intuito é ser campeão, como ocorreu em 1993, 2011, 2016 e 2018. Contudo, revelar grandes jogadores é fundamental para a instituição. Inclusive, com a grave crise financeira, muitos meninos podem ser aproveitados por Rogério Ceni.

Leia mais:

Foto Destaque: Divulgação/Anderson Rodrigues/São Paulo

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.