Como chega a Ponte Preta para o dérbi. (Foto destaque: Álvaro Jr./PontePress)

Antecipadamente semana de dérbi é comum para vocês, meus amigos? De maneira que o coração já começou a acelerar e ainda faltam 4 dias para o jogo de grande rivalidade que soma ingredientes para parar a cidade de Campinas. Assim como na próxima sexta-feira (17) Ponte Preta x Guarani fazem esse jogaço pela 24ª Rodada do Brasileirão na Série B.

Juntamente com isso o embate entre Ponte Preta x Guarani acontece, às 21h30 (de Brasília). Eventualmente a principal preocupação de Gilson Kleina e do torcedor pontepretano é em relação ao atacante Moisés. Ou seja, o futebolista que vem se destacando no time na temporada, terminou a partida contra o Cruzeiro no sacrifício e nesta segunda (13) passou por exames.

Ainda mais que o elenco do time se reapresentou nesta segunda-feira (13) depois de ganhar o domingo de folga e iniciou a preparação. De maneira que a boa notícia foi a presença de Rodrigão e Niltinho, que desfalcaram a Ponte Preta em Sete Lagoas-MG. A saber o primeiro estava com virose e o companheiro teve desgaste muscular.

Além disso, Kleina vai ter de volta o lateral-esquerdo Rafael Santos, que não atuou na última rodada por questão contratual, já que pertence ao Cruzeiro. Bem como o atleta disputa posição com Marcelo Hermes.

Em suma após os resultados da 23ª rodada, a Macaca ficou na beira da zona de rebaixamento. Por outro lado ocupa o 16º lugar, com 25 pontos, dois a mais que o Vitória.

Como chega a Ponte

Ainda mais que a Ponte Preta chega de duas vitórias e três derrotas. Bem como a última delas contra o Cruzeiro, Sete Lagoas, em Minas Gerais).

Da mesma forma o impacto de um possível revés no clássico certamente terá importância pensando nos objetivos a curto prazo dos dois lados na Série B. Assim também a Macaca tem 25 pontos, só dois acima do primeiro ocupante do Z4, o Vitória.

Em conclusão é a hora de pensar na sequência dos últimos cinco confrontos na temporada, o aproveitamento do alvinegro e a trajetória construída na competição.

Aguenta aí, pois ainda faltam 4 dias!

 

(Foto destaque: Álvaro Jr./PontePress)

 

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs

Deixe um comentário