Com torcida de volta ao OBA, Vila Nova encara Confiança

Pela 25ª rodada da Série B, nesta terça-feira (21), o Vila Nova espera o Confiança, às 21h30 (horário de Brasília). Assim, com a presença da torcida colorada no OBA, o Tigre tenta somar pontos para se distanciar da zona de rebaixamento.

Do mesmo modo, contudo dentro do Z4, o Dragão viaja a Goiânia tentando embalar seu segundo triunfo seguido na competição. A saber, enquanto o Vila Nova vem de derrota para o líder Coritiba por 1 x 0, o Confiança venceu o Sampaio Corrêa por 2 x 0 na rodada passada. 

Em resumo, o Colorado não conta com o volante Dudu, que recebeu o terceiro cartão amarelo e, portanto, cumpre suspensão. Além disso, no duelo contra o Coxa, Pedro Bambu saiu de campo sentindo dores. Sendo assim, com um trauma no tornozelo, o jogador virou dúvida.

Retrospecto de Vila Nova x Confiança

De acordo com o site Futebol de Goyaz, as equipes se enfrentaram três vezes. Assim, o Confiança venceu duas partidas, enquanto a outra terminou em empate. Dessa forma, o Vila Nova ainda não superou o time sergipano. Por fim, o Dragão também leva a melhor quanto ao número de gols: três contra um.

Tigre espera o primeiro adversário da Copa Verde

Antes de mais nada, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou a tabela básica da Copa Verde 2021. Assim, no Grupo N, o Vila Nova espera o ganhador do confronto do Grupo F entre Interporto-TO x Rio Branco-ES. A saber, o duelo da 1ª fase entre o time tocantinense e a equipe capixaba ocorre no dia 13 ou 14 de outubro, ainda a ser definido. Em resumo, o clube goiano será o único representante do Estado na competição.

Portanto, a estreia do Colorado no torneio deve ocorrer no dia 20 ou 21, uma semana depois do confronto citado. A saber, os goianos serão mandantes e, portanto, o OBA recebe o duelo do Grupo N, pela 2ª fase da Copa Verde. Pela final do campeonato, o jogo de ida tem data marcada para 25 de novembro e, por fim, a partida de volta acontece em 1º de dezembro.

Foto destaque: Divulgação/Vila Nova FC

Danyela Freitas
Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (não necessariamente nessa ordem).