Brusque x Cruzeiro como aconteceu – Resultado, destaques e reação

Neste sábado (30), pela 21ª rodada do Brasileiro Série B, ocorreu o jogo entre Brusque e Cruzeiro, no Estádio Augusto Bauer, em Brusque, Santa Catarina. O jogo que terminou com empate sem gols foi marcado pela atuação do VAR, que mostrou falha na cobrança de um pênalti para a equipe mandante. Por fim, o Quadricolor completa cinco jogos sem vencer e a Raposa continua liderando o campeonato.

Assista aos melhores momentos de Brusque x Cruzeiro

1º tempo: Jogo truncado, com poucas chances de gol

Inicialmente, cabe destacar que o Brusque teve de volta à escalação os jogadores Pará e Fernandinho. Ambos foram destaques no jogo contra o Guarani por conta de lesões. Por outro lado, o Cruzeiro também contou com o retorno de Lucas Oliveira. Além disso, os torcedores esperavam por estreias nas duas equipes: Patrick, pelo Quadricolor, e Chay, pela Raposa.

Antes de iniciar a partida, o árbitro informou aos capitães uma falha nas câmeras do VAR. Apesar disso, o problema foi resolvido ainda no início do jogo. Os jogadores não sabiam, mas a tecnologia seria protagonista ao final do embate. Após breve retorno à equipe do Brusque, Pará sofreu nova lesão e Edílson o substituiu aos 13′. Apesar de poucas finalizações, os times mostravam bastante vontade para ganhar. Assim, a força física levou ao primeiro cartão amarelo, aos 20′. Geovane Jesus chegou forte atingindo Fernandinho por trás.

Aos 23′, Geovane sentiu a coxa após dividida com Balotelli. Dessa forma, o lateral foi substituído por Rômulo. Em seguida, aos 29′, Zé Ivaldo recebeu o cartão por falta cometida. Ao cobrar a falta para o Quadricolor, Airton jogou no meio da área e Fernandinho cabeceou por cima do gol. Aos 40′ e aos 42′, o goleiro da Raposa fez ótimas defesas, evitando que a equipe mandante marcasse. Como resposta à pressão, Bruno Rodrigues finalizou no canto, levando Jordan a defender no reflexo.

2º tempo: VAR salva Cruzeiro da derrota

O início da segunda etapa foi marcado pela estreia de Chay, meia vindo do Botafogo. A intenção é que o jogador auxilie o Cruzeiro a criar melhores jogadas para alcançar os gols.  Ambas equipes voltaram mostrando que queriam abrir o placar. Aos 2′, Maheus Bidu finalizou em cima do goleiro. Em seguida, aos 8′, Alex Ruan finalizou para o Brusque, mas a bola passou por cima do gol.

Aos 20′, outra estreia. Desta vez, na equipe do Quadricolor. Patrick entrou para substituir Alex Sandro. A equipe mandante tentava finalizar, mas a bola não entrava. Aos 28′, Rafael Potiguar encheu o pé, porém a bola saiu por cima do gol. No minuto seguinte, Fernandinho finalizou da entrada da área à direita da meta.

A partida já estava nos acréscimos, quando aos 46′, a bola bateu na mão de Lucas Oliveira da área. Desta maneira, houve um pênalti bem marcado. Gabriel Taliari cobrou e marcou. Na comemoração, o meia levou cartão amarelo por tirar a camisa. Em seguida, o VAR mostrou que o jogador deu dois toque na bola, invalidando a cobrança. Logo, a tecnologia evitou que o líder da competição perdesse a partida.

Brusque x Cruzeiro – E agora?:

Em suma, o empate garantido no final foi ótimo para o Cruzeiro. Isto porque a equipe não ficou com a derrota e continua como líder do campeonato. Já o Brusque permanece na 12ª colocação, a apenas quatro pontos da zona de rebaixamento. Na sequência, a Raposa joga contra o Tombense, às 19h (horário de Brasília), no próximo sábado (6). Já o Quadricolor enfrenta o Sampaio Corrêa na próxima quinta-feira (4), em casa, também às 19h (horário de Brasília).

Foto destaque: Staff Imagens/Cruzeiro

Maria Eduarda Oliveira
Formada em Letras e mestranda em Estudos Linguísticos pela UERJ. Apaixonada por acompanhar e falar sobre estatísticas, partidas, jogadores e todas as características que envolvem a arte do futebol.

Deixe um comentário