Bastidores da vitória

A alegria volta para a casa do Fantasma! Afinal, o clube venceu o Remo e, consequentemente, abriu vantagem da zona de rebaixamento. Aliás, a equipe alvinegra soma sete pontos de distância do 1º colocado da Z-4. Ainda mais, volta a sonhar com a sua permanência dentro da Série B do ano que vem.

“Eu fico feliz, a gente deu um grande passo para deixar o Operário mais um ano na Série B. Não era o que planejávamos. O grupo merecia mais, tinha potencial para ir mais longe… Mas agora é fazer o maior número de pontos e terminar o ano bem.”, completa o atleta Schumacher.

Bastidores da vitória

Não é novidade que o Operário-PR viveu dois turnos distintos dentro da temporada. Afinal, no primeiro momento estava lutando para alcançar o grupo de acesso e, muitos instantes, estava com dois/três pontos de diferença do 4º colocado. Entretanto, na segunda parte do campeonato o Fantasma entrou em uma maré de azar. Aliás, até a pouco tempo, estava cada vez mais próximo da zona de rebaixamento. Todavia, hoje, celebram a distância criada sobre o elenco que abre a Z-4.

Nesse ínterim, a equipe do clube registrou os bastidores da vitória. Afinal, durante o campeonato, essa conquista se torna a 12ª do elenco desde o início da temporada.

A partir de agora, o clube alcança o 12º lugar do campeonato, com os seus 45 pontos. Em outras palavras, a equipe alvinegra volta a sonhar com a chance de permanência na Série B do ano que vem.

“Vamos buscar, terminar na melhor pontuação que a gente puder.”, completa o técnico Ricardo Catalá.

Ou seja, caminhando para a reta final da temporada, o elenco do Fantasma se prepara para encontrar o líder do campeonato, o Botafogo. Sendo assim, a partida está marcada para acontecer na segunda-feira (15), às 16h00 (horário de Brasília), no Estádio Nilton Santos. Aliás, o confronto está valendo a 36ª rodada do Brasileirão Série B 2021.

Foto Destaque: Reprodução/André Jonsson/OFEC

Amanda Scarlatt
Amo poder ter o jornalismo como a minha maneira de expressão. Sou apaixonada pelo meio digital e tudo que podemos construir nele na comunicação. Acredito fielmente na essência de uma boa matéria jornalística: a investigação. Afinal, independente da sua editoria e formato, o jornalismo pode mudar vidas. Enfim, VIVA O JORNALISMO!