Barcelona de Guayaquil x Palmeiras – Em jogo feio, Verdão volta para casa derrotado

Barcelona de Guayaquil e Palmeiras jogaram no Equador, na noite dessa quarta-feira, em jogo válido pelo confronto de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América. Um jogo duro e de muita marcação por todo os 90 minutos regulamentares.

No primeiro tempo, o Palmeiras foi melhor tendo algumas oportunidades interessantes e levando perigo ao gol de Baguera. Aos 20 minutos de jogo, Wilian teve a melhor chance em um chute cruzado que fez o arqueiro adversário trabalhar para evitar o gol palmeirense. Os equatorianos pouco chegaram, mas tinham os seus lances de mais efetividade em bolas aéreas, mas sem grandes sustos e os primeiros 45 minutos terminaram mesmo em 0 x 0.

Já o segundo tempo do jogo ficou ainda mais igual, com o Barcelona atacando mais o time brasileiro, se aproveitando da queda de rendimento do adversário, nem as trocas de Cuca surtiram efeito no time dentro de campo. Os 22 minutos o Barcelona pediu pênalti na queda de Àlvez, porém o árbitro fez pouco caso e mandou seguir o jogo, sete minutos mais tarde o principal lance da partida para o Palmeiras, Wilian recebeu lançamento de Michel Bastos e chutou cruzado para Baguera tira com o pé e evitar o gol. O jogo ficou bastante truncado a partir daí, mas quando tudo se encaminhava para a igualdade, aos 46 minutos de jogo, Álvez recebeu a bola na entrada da área e arriscou, com um desviou na zaga adversária, a bola entrou tranquila no gol de Fernando Prass tirando o 0 do placar e dando número finais ao jogo.

Com a derrota, o Palmeiras precisa vencer por dois gols de diferença se quiser passar para a fase seguinte. Para o Barcelona, o empate garante o clube nas quartas de final além da vantagem de que se fizer um gol em São Paulo, obrigará os mandantes a fazer mais dois gols. O Jogo de volta acontece no dia 09 de agosto no Allianz Parque, com a promessa de estádio lotado para empurrar o time de verde para a classificação.

Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva e sou de Altamira no Pará. Tenho pós-graduação na área de Letras, mas a paixão mesmo é o futebol e o jornalismo, tenho como ídolos ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning e Vitor Sérgio Rodrigues. Sou deficiente físico, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, Enfim! Sonho em fazer um passo a cada dia, um melhor do que o outro.

Artigos Relacionados