Athletico x Estudiantes como aconteceu – resultado, destaques e reação

Na noite desta quinta-feira (4), Athletico x Estudiantes se enfrentaram na Arena da Baixada, em Curitiba, pela partida de ida das quartas de final da Libertadores 2022. No entanto, com o placar sem gols, a decisão ficou para a Argentina, sem vantagem para nenhum dos lados.

Assista aos melhores momentos de Athletico x Estudiantes

1° tempo: CAP teve pênalti anulado

A princípio, apenas aos 16′, o jogo ganhou momento de perigo, pelo lado do Estudiantes. Na ocasião, após o escanteio cobrado por Zuqui e toque de cabeça de Lollo, para a defesa de Bento. Por outro lado, aos 24′, o Athletico chegou a ter um pênalti marcado a seu favor, após o toque no braço de Godoy. No entanto, o árbitro Jesús Valenzuela voltou a decisão, após a revisão no VAR.

Aos 35′, Khellven cobrou falta e Andújar espalmou mais uma chance do CAP abrir o placar. Em seguida, aos 41′, após nova cobrança, dessa vez com desvio na barreira, Cuello também parou nas mãos do goleiro argentino.

2° tempo: Athletico marcou, mas não valeu

Primeiramente, aos 7′, Cuello tentou mais uma, dessa vez arriscou chute da esquerda, mas a bola saiu pela linha de fundo, na chegada inicial do Athletico. Aos 12′, Hugo Moura também tentou de fora, mas sem sucesso. Por outro lado, aos 14′, o Estudiantes se aproveitou de uma saída de bola errada do CAP e Piatti, de frente para Bento, perdeu uma boa chance.

Aos 24′, Fernandinho arrancou e finalizou, mas a bola passou por cima do gol. Na sequência, aos 27′, Khellven cobrou falta, Fernandinho desviou de cabeça e Pedro Henrique completou, mas desperdiçou a chance. Novamente, aos 28′, Khellven apareceu, em cruzamento, mas Léo Cittadini errou o alvo e a conclusão. Aos 30′, mais uma chance por cima da meta argentina, dessa vez com a cabeçada de Fernandinho, após escanteio de Cuello.

Enquanto isso, o Estudiantes chegou apenas aos 34′, em chute de Castro que passou à frente do gol. Até que, aos 36′, o Athletico marcou, com Thiago Heleno, mas a arbitragem marcou impedimento, confirmado após revisão ao VAR, no cruzamento de Khellven. Aos 44′, Pellegrino subiu de cabeça, mas sem precisão e a bola saiu. Por outro lado, aos 47′, mais uma chance perigosa de Khellven, dessa vez de falta, porém, com a bola em direção à linha de fundo. Por fim, aos 49′, Pellegrino aproveitou o vacilo de Pedro Henrique e quase deu a vantagem para o Estudiantes, mas ambas as equipes ficaram em igualdade para a volta.

Athletico x Estudiantes – E agora?

Dessa forma, com o empate sem gols, o vencedor da partida de volta estará nas semifinais da Libertadores. A princípio, o duelo está marcado para a próxima quinta-feira (11), às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Ciudad de La Plata. No entanto, um novo empate levará a disputa para os pênaltis.

Foto destaque: Divulgação/Club Athletico Paranaense 

Payciúma Luiz
Quase duas décadas acompanhando futebol me obrigaram a seguir esse caminho. Acabei me apaixonando pela metamorfose ambulante do mundo da bola e fiz disso o meu ofício. 23 anos, estudante de Jornalismo na UNIBRA, setorista do Santa Cruz no FNV, do Venezia no PL Brasil e torcedor do Paysandu Sport Club.

Deixe um comentário