argentinos juniors x nacional-uru

O Argentinos Juniors derrotou o Nacional-URU por 2 x 0, na noite dessa terça-feira (20), no Estádio Diego Armando Maradona. Sendo assim, na abertura da fase de grupos da Libertadores, Ávalos e Herrera marcaram para os mandantes e projetaram o time para a liderança do grupo F.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DE ARGENTINOS JUNIORS X NACIONAL-URU

1º TEMPO: El bicho de La Paternal conclusivo

Na primeira etapa o time da casa ficou mais à vontade e criou algumas chances nos minutos iniciais. No entanto, o time só conseguiu ser efetivo aos 24’, em cobrança de bola parada de Elias Gómes. O lateral cruzou na grande área, Quintana cabeceou para Ávalos que ajeitou e certeiro. Posteriormente, o visitante começou a buscar o gol e teve boas oportunidades na parte final. Bergessio teve a melhor chance do Nacional, em cabeceio aos 34’, mas Chaves pulou para evitar o empate.

2º TEMPO: Boas chances, expulsão e gol no finalzinho

Os 45 minutos finais começaram com os dois times entrosados, buscando o gol. A primeira boa chance saiu dos pés dos argentinos, mas parou nas mãos do goleiro Centurión. Assim, a partida se estendeu equilibrada até os 35’, quando Carlos Quintana recebeu o segundo amarelo e foi expulso da partida.

Todavia, o desfalque não abalou o Argentinos Juniors. Sete minutos depois da expulsão, os reversas do time da casa resolveram a partida em Buenos Aires. Após falha do Nacional no campo de defesa, os mandantes recuperaram a bola e dispararam para o ataque. Sendo assim, em bela troca de passes entre Cabrera, Florentín e Herrera, o camisa 28 foi fatal e conseguiu carimbar a redonda no fundo das redes.

ARGENTINOS JUNIORS X NACIONAL-URU – E AGORA?

Com o resultado, o Argentino Juniors estreou na libertadores com o pé direito. De fato, ainda é cedo para cravar favoritos, mas o triunfo colocou o mandante na liderança do grupo F da competição. Sendo assim, momentaneamente a equipe está em 1º lugar, com três pontos conquistados. O Nacional, por outro lado, começou o torneio com saldo negativo e aguarda o outro jogo da rodada entre Atlético Nacional e Universidad Católica para se situar.

Foto Destaque: Divulgação / Argentinos Juniors

Isabella Cunha
Sou de Belo Horizonte, tenho 22 anos, estudo jornalismo na PUC Minas, sou cartoleira e apaixonada por um time aí. Admiro a influência do futebol na vida das pessoas e, claro... na minha! Essa paixão me move, eu vivo por esse sentimento. E viverei. Tanto pessoalmente, como profissionalmente.