Árbitro revela motivo do Santos ter perdido por 7 x 1 para o Corinthians.

Antes de mais nada, o árbitro Evandro Román, hoje deputado federal pelo Patriota do Paraná, foi quem apitou o jogo entre Santos e Corinthians, que terminou por 7 x 1 para o Corinthians. O duelo era válido pelo Campeonato Brasileiro de 2005 e afirmou disse nesta quarta-feira (17), que os jogadores do Santos perderam de propósito.

ÁRBITRO REVELA “MOTIVO” DE DERROTA POR 7 X 1 DO SANTOS

Em suma, segundo o árbitro Evandro Román, o objetivo dos jogadores do Santos era derrubar seu treinador, Nelsinho Baptista.

“Vou cometer uma inconfidência aqui. Fui árbitro durante 25 anos. Quero que busquem o jogo que foi realizado no dia 06/11/2005, um 7 a 1 que ocorreu em Corinthians x Santos. Neste jogo, dentro de campo, liderados por um dos jogadores do Santos, fizeram um conluio, não com todos, mas para derrubar o treinador, que era o Nelsinho Baptista. Eles iam perder um jogo no interior de São Paulo? Não. Eles tinham que perder o jogo para o maior rival, que era o Corinthians. E entregaram. Perderam de 7 a 1”, disse Román

Por fim, na ocasião, o técnico Nelsinho não foi demitido após a goleada sofrida no clássico paulista. Assim, tudo ocorreu apenas após duas semanas, após derrota para o Brasiliense em Brasília.

PRÓXIMO JOGO DO SANTOS

Decerto, o Santos volta a campo nesta quarta-feira (17), pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, contra a Chapecoense, na Vila Belmiro. Assim, o duelo se inicia às 19h (horário de Brasília). Por fim, o Peixe luta para se manter fora do z4 e vai tentar encaminhar sua segunda vitória seguida.

POR FIM, CONFIRA MAIS NOTÍCIAS SOBRE O SFC:

FOTO DESTAQUE: CORINTHIANS

Alef Sousa
Sempre fui apaixonado por esportes, especialmente futebol. E vi através do jornalismo uma oportunidade de estar trabalhando com a minha Paixão. Estou no 3º Semestre da faculdade de Jornalismo. Meu grande Objetivo é torna-me repórter de campo e cobrir grandes competições. Sou um cara, extrovertido, animado, comunicativo e cheio de vontade de aprender.

Deixe um comentário