Pablo comemora gol pelo Tricolor. (Divulgação/ Rubens Chiri/São Paulo)

Um atacante do São Paulo não quer deixar o clube e está dificultando uma negogiação. Assim, a equipe deve permanecer com o jogador, que é criticado constantemente pela torcida. Contudo, ainda não é possível descartar o negócio entre as partes. Embora, sabe-se que o Ceará, time interessado no atleta, está atrás de outro camisa 9. Afinal, a paciência da direção nordestina deve estar chegando ao fim.

A princípio, o São Paulo precisa reduzir a folha salarial. Inclusive, isso é uma necessidade urgente, visto que o Tricolor Paulista passa por uma enorme crise financeira. Dessa forma, vender, emprestar e demitir jogadores é o intuito da diretoria são-paulina nesse período de férias e pré-temporada. Por isso, Pablo, camisa 9 da equipe, interessou ao Ceará.

Leia mais:

Atacante Pablo dificulta saída do São Paulo

Dessa forma, o Vozão enxergava em Pablo uma solução para o ataque da equipe. Aliás, sob o comando de Tiago Nunes, o artilheiro viveu sua melhor fase. Na época, pertencia ao Athletico e foi campeão da Copa Sul-Americana. Assim, o treinador acredita no potencial do atleta e o Ceará fez uma proposta oficial. Então, a ideia dos cearenses era um empréstimo de um ano e pagar 100% dos salários. O São Paulo aceitou a oferta.

“O São Paulo deu ok e está na mão do atleta. Um ano de empréstimo e pagamento do salário integral, mas não podemos esperar muito. Está dentro de um orçamento estabelecido para 2022”, disse o presidente do Ceará.

Contudo, o problema para o São Paulo é que o atacante não quer deixar o clube. Assim, Pablo ainda não respondeu o Ceará e, ao que tudo indica, a resposta deveria ser dada nesse final de semana. Todavia, o interesse do camisa 9 é permanecer no Morumbi e conquistar o carinho da torcida. Inclusive, Pablo já disse isso em outras oportunidades. Dessa forma, como tem contrato com o Tricolor até o fim de 2023, deve permanecer.

Foto Destaque: Divulgação/Rubens Chiri/São Paulo

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.