Ângelo e Renyer perdem espaço no Santos

Antes de mais nada, o Santos tem dois atacantes que são considerados as joias da base do Peixe que já estão nos profissionais, Ângelo e Renyer. No entanto, ambos que vinham tendo chances desde o ano passado, agora estão tendo poucas oportunidades com a camisa do Alvinegro Praiano. Assim, devido a grande concorrência no elenco.

PRINCIPAIS MOTIVOS PARA PERDA DE ESPAÇO NO SANTOS

Em suma, a chegada do técnico Fernando Diniz fez com que Ângelo e Renyer perdessem o espaço na equipe do Peixe. Assim, devido a contratação de Marcos Guilherme, que chegou e assumiu a posição de Lucas Braga. No entanto, Ângelo atua pelo lado de Marinho, é isso pode ser considerado um “problema” devido a liderança e experiência do atual Rei da América, faz com que o jovem perca um pouco de espaço. 

ÂNGELO E RENYER NO SANTOS

Decerto, Ângelo estreou com a camisa do Santos em 2020, sob o comando do técnico Cuca, com apenas 16 anos, se tornando um dos mais jovens a estrear com a camisa do Peixe. Além disso, quebrou outros recordes, como o mais jovem a marcar pela Copa Libertadores da América. No entanto, não teve muitas sequências na temporada e foi perdendo espaço. Mas, isso não muda o fato do atacante ser o queridinho da torcida do Peixe, que sempre pede algumas chances para o jovem.

Por fim, Renyer que rompeu o ligamento do joelho direito em março de 2020, retornou aos gramados somente no início de 2021. Dessa forma, ainda não correspondeu o esperado, em relação a suas atuações na base do Santos, que ganharam destaque. Esta temporada, o jovem atacante atuou apenas em quatro partidas, com melhor desempenho na derrota contra o Corinthians, em abril, pelo Paulistão.

Portanto, confira mais sobre o Santos:

Foto destaque: Divulgação/ Ivan Storti / Santos Futebol Clube

Alef Sousa
Sempre fui apaixonado por esportes, especialmente futebol. E vi através do jornalismo uma oportunidade de estar trabalhando com a minha Paixão. Estou no 3º Semestre da faculdade de Jornalismo. Meu grande Objetivo é torna-me repórter de campo e cobrir grandes competições. Sou um cara, extrovertido, animado, comunicativo e cheio de vontade de aprender.