No Dia do Trabalhador, 1 de maio, o Futebol na Veia homenageia o Anápolis Futebol Clube que faz 74 anos. Da cidade de Anápolis, interior de Goiás, a equipe é uma das mais tradicionais do estado, e atualmente disputa a 1ª Divisão do Campeonato Goiano. Saiba mais sobre o Galo da Comarca, na coluna Parabéns ao Craque.

Leia mais:

FUNDAÇÃO

A cidade de Anápolis teve seu primeiro time em 1931, o Anápolis Sport Club (atual, Anapolina). Assim, consolidado no cenário goiano, viu-se a necessidade de fundar um novo clube para que competisse como seu rival. Dessa forma, um grupo de carroceiros fundou inicialmente o União Operário, em 1946. Em pouco tempo, o clube foi crescendo em Goiás e conquistando seu espaço no campeonato local. A exemplo disso, ganhou seu primeiro caneco no Super Campeonato Goiano, em 1947, se tornando a primeira equipe do interior não reconhecida pela FGF a conquistar esse feito.

Em 1951, o nome do clube foi mudado de União Operário para Anápolis Futebol Clube, e três anos depois foi campeão do Citadino de Anápolis. Após alguns anos de existência, a equipe foi caindo de vez nas graças da população, que então começaram a colocar apelidos no time. Entre eles, Time dos Carroceiros, Tricolor da Manchester, e como é conhecido ainda hoje, Galo da Comarca. 

https://twitter.com/AnapolisFCGalo/status/1256188493694472192?s=20

GALO NO GOIANÃO

Galo da Comarca teve sua glória no Campeonato Goiano de 1965. Na época, os times em destaque eram Vila Nova e Atlético, nos últimos quatro anos as duas equipes venceram o torneio – destaque para o Tri do Tigrão. Como previsto, o time colorado se firmava com frequência na liderança, seguido do Goiânia, mas na 15ª rodada o Anápolis conseguiu ultrapassar os rivais.

A saber, a diferença do campeonato de antes com o de agora, é a disputa em pontos corridos. Com isso, era muito importante fazer uma campanha regular. Dito isso, com o bom time que o Anápolis arrumou para o Goianão, a disputa ficou priorizada entre eles e o Vila Nova. Dentro de casa, no Jonas Duarte – ainda casa dos times da cidade – uma espécie de final foi realizada e a vitória dava o título para o time do interior. Sendo assim, após tomarem 2 x 0 ainda no 1º tempo, o Galo foi em busca da virada com Deca e Dida e sagrou-se campeão do estadual. 

Anápolis - Galo no Goianão de 1965
Time campeão goiano de 1965 – Reprodução/ O Curioso do Futebol

Além disso, disputou a Divisão de Acesso do Goiano, saindo vencedor em 1990 e 2012 e vice em 2015, mas subindo para a elite. Já em 2015, quase conquistou o bicampeonato do estadual em cima do Goiás, mas foi derrotado nos pênaltis. Entretanto, com o vice, conseguiu pela primeira vez participar da Copa do Brasil 2017 e também uma vaga na Série D.

PASSAGEM DE TÉCNICOS

De 2016 até hoje, o Anápolis teve um total de 13 técnicos, a maioria com passagens de pouca duração. Entre os nomes principais estão: Ramon Menezes, Ricardo Drubscky, Waldemar Lemos e Vilson Taddei. Agora em 2020, o time está no comando de Toninho Cecílio, totalizando cinco jogos, duas vitórias, dois empates e uma derrota.

GALO DA COMARCA ATUALMENTE

Antes da paralisação do Campeonato Goiano pelo surto da pandemia de Coronavírus, o time do interior fazia uma campanha média. Portanto, foram 10 jogos disputados: três vitórias, quatro empates e três derrotas, contando então 13 pontos. Por outro lado são 10 gols marcados e 13 tomados. O Anápolis não possui muitos títulos estaduais, mas em 74 anos de história, pode-se dizer que é um dos times mais tradicionais e respeitados do futebol goiano e o principal rival do Anapolina.

Foto destaque: Divulgação/Twitter Anápolis F.C

Mariana Tolentino
Meu nome é Mariana Tolentino Dias, sou goiana, tenho 20 anos e curso Jornalismo na PUC-GO. Não me vejo fazendo outra área a não ser o esportivo. Futebol e NBA são minhas paixões. Torcedora roxa do Goiás Esporte Clube e do Houston Rockets

Artigos Relacionados