Com altitude de Quito a favor, LDU bate Peñarol e lidera Grupo D da Libertadores

Os equatorianos da LDU venceram os uruguaios do Peñarol, na noite desta quinta-feira (7), no Estádio Rodrigo Paz Delgado, em Quito, no Equador, pela 1ª rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. Os anfitriões saíram vitoriosos frente ao campeão uruguaio por 2 x 0 e, assim, assumiu a liderança do Grupo D, passando o Flamengo no saldo de gols.

1° TEMPO

O LDU iniciou a partida com grandes possibilidades de golear. Logo aos sete minutos, Juan Luís quase balançou às redes após receber ótimo lançamento, mas acabou dividindo com o goleiro uruguaio Kevin Dawson, que antecipou para fazer a defesa. Os donos da casa começaram a demonstrar confiança sobre os visitantes, trocando passes, apostando na velocidade e se aproveitando da altitude, fator crucial para toda partida em Quito, uma vez que a dificuldade para respirar aumenta significativamente. Aos 12′, Jhojan Julio perdeu uma chance clara dentro da área após cruzamento de Quinteros.

O domínio equatoriano era absoluto, tanto que, aos 23′, o juiz de linha anulou gol de José Ayoví, por impedimento. Em seguida, dois minutos depois, os mandantes abriram o placar. Após cobrança de escanteio de Julio na área, Carlos Rodriguez cabeceou, Dawson defendeu dando rebote na pequena área e o zagueiro argentino Nicolás Freire empurrou para o fundo do gol. Os Albos seguiram pressionando após o gol e Julio perdeu uma chance debaixo do gol, com o zagueiro Fabricio Formiliano tirando em cima da linha.

2° TEMPO

A etapa final começou com mais oportunidade da LDU, desta vez com Anangonó, mas o arqueiro Dawson fez duas defesas em sequência impedindo o gol. Os equatorianos pareciam ter um cilindro de oxigênio nas costas, não pelo peso do mesmo, mas pela quantidade de tempo que conseguiam correr sem se cansar. Enquanto isso, Kevin Dawson ia operando milagres e evitando a goleada equatoriana. O arqueiro uruguaios trombava com os atacantes, se jogava nos lances e ia se transformando em herói, apesar do resultado adverso.

As poucas oportunidades que o Peñarol teve na partida, a bola chegada ao gol sem força, perigo ou ousadia, longe do envolvente futebol apresentado no Campeonato Uruguaio. A melhor oportunidade dos Carboneros veio aos 73′, quando Gabriel Toro Fernández recebeu excelente passe de Gastón Rodriguez, sozinho, para arrematar cruzado e empatar, mas o atacante isolou o chute. os donos da casa voltaram a marcar aos 82′. José Ayoví deu ótima enfiada de bola em profundidade para o uruguaio Rodrigo Aguirre, ex-Nacional (maior rival do Peñarol) tocar entre as pernas do goleiro e ampliar a vantagem. Passados 87′, Gastón Rodriguez, do Peñarol, ainda tentou diminuir, porém a bola bateu no travessão.

E agora?

O LDU recomeça os treinos para a o seu retorno ao Campeonato Equatoriano no qual vai jogar contra o Macara, no próximo sábado (9), às 19h15 (horário de Brasília), no Estádio Bellavista. Peñarol volta para casa e começa a se preparar para a 4ª rodada do Apertura Uruguaio, no domingo (10), contra o Liverpool Montevideo, às 19h (horário de Brasília) no Estádio Campeon del Siglo. O retorno a Libertadores acontece já na semana que vem. Os Albos enfrentam o Flamengo no Maracanã, na próxima quarta-feira (13), às 21h30 (horário de Brasília), enquanto os Aurinegros recebem o San José, no Uruguai, na quinta-feira (14), às 19h (horário de Brasília).

Melhores momentos

Isabella Brito Ribeiro
Me chamo Isabella Brito Ribeiro, tenho 20 anos e curso Jornalismo na faculdade UNIALFA, em Goiânia. Atualmente estou no quinto período. Gosto bastante de fotografia, principalmente a esportiva, a qual tem o poder de transmitir as emoções presentes nos jogos e campeonatos para o espectador cujo aprecia tanto o esporte apresentado.
http://isabellabritojor.wixsite.com.br/o-bandeirante
Você está aqui
Futebol Na Veia > Futebol pelo Mundo > Seleção > Com altitude de Quito a favor, LDU bate Peñarol e lidera Grupo D da Libertadores

Artigos Relacionados