Walber

Antes de mais nada, o zagueiro Walber é um desejo antigo do técnico Lisca, que tentou sua contratação quando dirigia o América-MG. De 1,86m e destro, o paraibano de Rio Tinto pode também atuar como volante.

Antecipadamente, o Cuiabá não quer liberar o atleta, por motivo de ter apenas quatro zagueiros no elenco profissional. Por isso, o diretor executivo vascaíno, Alexandre Pássaro, negocia com o Athletico-PR – detentor dos direitos econômicos -. Assim, junto ao jogador, tenta convencer a liberação da equipe mato-grossense.

Entretanto, Walber busca um momento de consolidação regular no futebol. Além disso, o jovem jogador, de 24 anos, vê essa oportunidade com bons olhos e acredita em ter mais tempo em campo no comando do técnico Lisca. O Campeonato Brasileiro Série A, já está na 17ª rodada e Walber ainda não estreou.

Desejo antigo

Portanto, o técnico vascaíno ficou admirado com o jogador durante a Série B do ano passado e, depois da vitória por 1 x 0 do Guarani sobre o América-MG, informou ao staff mineiro que gostaria de levá-lo para o Horto. Naquela temporada, o paraibano atuou em 33 partidas com a camisa bugrina. Por fim, na última semana, o treinador já conversou com Walber por telefone e afirmou o desejo de treiná-lo.

Foto Destaque: Divulgação/Cuiabá

Vinicius Gobi
Prazer! Meu nome é Vinícius Gobi e sou apaixonado por esportes desde que me conheço por gente. Para mim, é impossível ficar um dia sem comentar/conversar ou usar o produto futebol. Essa é a minha paixão e tenho certeza que é disso que quero trabalhar, com o que eu amo. Atualmente tenho uma página com alguns amigos meu no Instagram, @debate.fcs nela fazemos análises, postamos informações e coberturas de jogos do Brasileirão Feminino A1, credenciados. O meu maior objetivo, é adquirir experiência para sempre evoluir na comunicação. Com o intuito de estar preparado a qualquer oportunidade.