Sâo Paulo terá desfalques importantes

Neste domingo (19), o São Paulo terá desfalques importantes para o jogo contra o Atlético-GO. O duelo é fundamental para a equipe de Hernán Crespo se distanciar da zona de rebaixamento. Além disso, o time precisa “virar a chave” e esquecer as eliminações recentes na Libertadores e Copa do Brasil. Contudo, o treinador são-paulino não terá força máxima para este confronto.

A princípio, na derrota para o Fluminense, alguns jogadores foram amarelados. Assim, Miranda e Igor Gomes foram um deles. Claro, o zagueiro e capitão da equipe será a ausência mais sentida. Por outro lado, o meia é reserva do time. Então, não fará diferença na escalação titular. Portanto, ambos devem voltar contra o América-MG.

Em contrapartida, outra ausência importante será de Martín Benítez. Afinal, o meia foi condenado pelo STJD por atitude antidesportiva. No duelo contra o Athletico, o meia chutou para dentro do gramado para retardar a partida. A punição é uma suspensão por dois jogos, sendo que um já foi cumprido. Portanto, o camisa 8 não enfrentará o Atlético-GO.

Agora, algumas presenças ainda são incertas, como Calleri e Wellington. Decerto, o argentino está ansioso para jogar o mais rápido possível. Todavia, a comissão técnica não quer arriscar a condição física dos jogadores. Portanto, o camisa 30 só vai entrar em campo quando estiver 100%. Contudo, ainda é incerta as condições em que o atleta se encontra. Por outro lado, o jovem lateral-esquerdo treinou e pode ser novidade.

Com esses desfalques, o São Paulo volta a campo neste domingo (19), contra o Atlético-GO, no Morumbi, às 16h (horário de Brasília), pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Foto Destaque: Divulgação/Érico Leonan/São Paulo

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.