Sabe-se que o São Paulo está em busca de um lateral-direito. Contudo, falta dinheiro nos cofres tricolores para efetuar grandes contratações. Por isso, a ideia da diretoria é aproveitar as oportunidades de mercado. No entanto, essa posição está em falta, pois há poucos atletas disponíveis. Assim, as maioria dos jogadores possuem contrato e os clubes exigem compensações financeiras.

Em contrapartida, contratar um lateral-direito é uma prioridade para o São Paulo. Afinal, esse foi um dos grandes problemas do time na temporada e os atletas a disposição ainda não vingaram. Decerto, haverá uma grande insistência para adquirir um jogador com status de titular. Dessa forma, o alvo está definido pelo clube.

Confira quem pode ser o novo lateral-direito do São Paulo

A princípio, o São Paulo tem interesse em contar com Rafinha para próxima temporada. Assim, o Tricolor Paulista está conversando com o atleta para tentar fechar o negócio. Embora haja alguns entraves para contratá-lo, a diretoria está esperançosa. O jogador não teve uma boa passagem pelo Grêmio e esteve presente no elenco que foi rebaixado. Então, seu valor de mercado reduziu e precisa encontrar umma grande equipe para se recuperar.

O São Paulo fez grandes invetimentos para esta posição. Afinal, tinha no elenco Dani Alves, que se envolveu em diversas polêmicas e houve uma rescisão contratual. Além disso, pagou R$13 milhões por Orejuela, mas o colombiano não conseguiu ser titular. Por fim, Igor Vinícius não agrada aos torcedores.

Além do veterano, a diretoria são-paulina sondou Rodinei. O jogador pertence ao Flamengo e tem contrato até o fim de 2022. Contudo, o Mengão informou que só tem interesse em vender o jogador por R$5 milhões. Assim, o atleta foi descartado e o nome de Rafinha ganhou força.

Rafinha é experiente, tem 36 anos e fez história no Bayern de Munique. Além disso, possui passagens pela Seleção Brasileira e fez parte do vitorioso de time do Flamengo. Inclusive, pela equipe carioca, ganhou Brasileirão, Libertadores e Campeonato Carioca. Na sequência, jogou pelo Olympiacos e depois pelo Grêmio, mas não obteve sucesso.

Foto Destaque: Divulgação/Grêmio

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.