Valeu a pena? São Paulo rescinde com Daniel Alves

Nesta quinta-feira (16), o São Paulo rescindiu contrato com Daniel Alves. Portanto, chega ao fim uma passagem conturbada de um atleta que havia dado muita esperança para torcida. Dessa forma, o Tricolor ainda tem algumas pendências financeiras para acertar com o lateral-direito. Agora, o ex-camisa 10 está livre para acertar com qualquer clube do futebol brasileiro.

A princípio, o motivo do fim da relação foi a dívida que o clube tinha com o atleta. Assim, o valor é 18 milhões de reais que diretoria irá pagar. Contudo, o São Paulo acredita que a economia que terá por não seguir com o vínculo vai ser mais vantajosa. O jogador tinha contrato até dezembro de 2022.

 Na sexta-feira passada (10), o lateral-direito não se reapresentou após defender a Seleção Brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo. Dessa forma, Carlos Belmonte veio a público e informou à torcida são-paulina que Dani Alves não faria mais parte do elenco.

“(…) Do ponto de vista do departamento de futebol, nós comunicamos, tomamos a decisão e comunicamos ao Hernán Crespo que Daniel Alves não estará mais à disposição para atuar no time do São Paulo. O São Paulo é mais importante do que todos nós”, disse o diretor de futebol.

Assim, a negociação seguiu por quase uma semana e, finalmente, nesta quinta-feira (16), o São Paulo rescindiu o contrato com Daniel Alves. Inclusive, o clube emitiu uma nota oficial nas redes sociais, e a torcida comemorou.

Foto destaque: Divulgação/São Paulo

Isaac Rufino
Me chamo Isaac Rufino e sou estudante do 4° semestre de Jornalismo pela FMU - FIAM-FAAM. Atuo como setorista do São Paulo no Futebol na Veia há cerca de um ano, cobrindo o dia a dia do clube e trazendo as principais dicas de apostas dos jogos. Te convido a me seguir em todas as redes sociais para acompanhar meu trabalho @isaacrufino_