Antes de mais nada, o último domingo (28) foi de festa na terra do Padre Cícero. Isso porque, o Icasa conquistou o bicampeonato da Taça Fares Lopes, após vencer o Caucaia por 1 x 0, no Estádio Franzé Morais. Inclusive, o atacante Rhuann foi peça fundamental na conquista.

Rhuann dedica prêmio à torcida do Icasa

A princípio, o atacante Rhuann foi peça fundamental no título do Verdão do Cariri. Com quatro gols marcados, o camisa 19 faturou a artilhada da competição ao lado de Patuta, do Guarany de Sobral. Sendo assim, o campeão dedicou o prêmio aos torcedores icasianos: 

“Queria agradecer primeiramente pela oportunidade de ter jogado nesse grande clube que é o Icasa. Agradeço também toda a equipe que me ajudou a alcançar esse prêmio, como também a torcida que sempre esteve ao nosso lado. Essa artilharia vai para eles também. Muito feliz por ter ajudado com gols e com tudo o que conquistamos. Espero futuramente voltar a vestir essa camisa”, disse o goleador.

Campanha do Icasa

De fato, a trajetória do Icasa no campeonato foi excelente. De forma invicta, o Verdão levantou a taça após quatro vitórias e três empates em sete jogos. Para Rhuann, o título veio coroar a consistente campanha realizada pela equipe de Juazeiro do Norte.

“Todos nós sabemos das dificuldades que passamos para chegar aqui, mas sabíamos também da nossa capacidade e do nosso potencial. Mostramos isso em campo com essa conquista que consagrou nossa bela campanha. Felicidade imensa porque essa Fares Lopes foi muito importante para todos nós, atletas e clube, já que conseguimos garantir o Icasa em mais uma competição de nível nacional”, festejou o atacante.

A saber, está é a segunda vez que o Icasa vence a Taça Fares Lopes. Anteriormente, a equipe faturou a edição de 2014. Ademais, o Verdão de Cariri herdou vaga na Série D do Campeonato Brasileiro. Além disso, o Icasa garantiu um lugar na Copa do Brasil de 2022.

Foto Destaque: Divulgação/ Icasa

Thaynara Bernardo
Apaixonada por futebol desde os 10 anos, encontrei no jornalismo uma forma de me conectar com essa grande paixão. Na faculdade, desenvolvi trabalhos que me tornaram uma profissional versátil, com fácil adaptação e que adora novos desafios. Espero que um dia eu consiga o meu lugar no jornalismo esportivo!