Nesta quarta-feira (4), o São Paulo pode contar com alguns retornos para enfrentar o Vasco da Gama. O Tricolor vem fazendo uma campanha irregular no Campeonato Brasileiro. Porém, a classificação às quartas de final da Copa do Brasil está bem próxima de se concretizar. Afinal, o time de Hernán Crespo venceu o jogo de ida por 2 x 0, no Morumbi. Agora, com alguns jogadores voltando, a equipe tende a melhorar o placar.

A princípio, a fase ruim do São Paulo é devido ao excesso de lesões no elenco. Então, ficou complicado manter uma boa sequência no Brasileirão. Em contrapartida, nas Copas, tanto do Brasil, quanto na Libertadores, o Tricolor tem surpreendido. Já que, o time se classificou na competição continental após eliminar o Racing. Então, no torneio nacional, a próxima vítima pode ser o Vasco.

O torcedor do São Paulo aguarda, ansiosamente, pelos retornos de alguns atletas. Para ser mais específico, Luciano é o mais esperado. Afinal, o camisa 11 é, talvez, o principal jogador da equipe. Além dele, Crespo quer ter, novamente, Eder a disposição. Aliás, ambos os atacantes fazem falta, pois os números ofensivos do time são ruins. Claro, Arboleda e Luan fazem parte da espinha dorsal do esquema tático e devem voltar em breve.

Portanto, para esse jogo, Luan deve ser relacionado. O volante treinou normalmente nesta segunda-feira (2). Enquanto isso, Luciano segue fazendo uma transição com auxílio dos fisioterapeutas. Assim, a presença do atleta ainda é incerta. Por outro lado, Arboleda e Eder ainda estão se recuperando. Dessa forma, é provável que ambos não viajem para o Rio de Janeiro. Porém, podem ocorrer surpresas.

Vasco x São Paulo jogam nesta quarta-feira (4), em São Januário, às 21h30 (horário de Brasília), pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Foto Destaque: Divulgação/São Paulo

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.