Nunes artilheiro das decisões completa mais um ano de vida

João Batista Nunes de Oliveira, aquele que viria a ser conhecido como Nunes, o artilheiro das decisões, está de aniversário! Com uma belíssima trajetória por onde passou, o ex-centroavante completa 66 vitoriosos anos nesta quarta-feira (20), contemplados com muito futebol e gols decisivos. Para homenageá-lo, a coluna Parabéns ao Craque de hoje conta um pouco de sua carreira e o porquê de Nunes ter sido um marco na história do futebol.

O COMEÇO

Nascido em Credo de São João, em Sergipe, em 20 de maio de 1954, Nunes logo chamou atenção com sua habilidade. Aos 14 anos, o menino já estava nas categorias de base do Flamengo. No entanto, não foi daquela vez que os dirigentes enxergaram o grande craque. Assim, Nunes migrou para o Confiança, clube de sua cidade natal. Foi lá que o centroavante conseguiu demonstrar sua habilidade, onde deu início à sua linda trajetória no futebol.

Assim como o Confiança, o Santa Cruz também enxergou o craque que Nunes estava se tornando, decidindo contratá-lo em 1976. Fazendo parte da equipe pernambucana, o centroavante brilhou, conquistando os primeiros títulos de sua carreira: estaduais de 76 e 78.

DO RIO AO MÉXICO

Anteriormente, Nunes havia tido uma passagem pelo Rio não tão satisfatória, mas ele voltaria. Em 1978 aconteceu o retorno do craque, desta vez pelo Fluminense – clube no qual Nunes jogou apenas uma temporada -. No Tricolor das Laranjeiras, ele vestiu a camisa por 58 vezes e marcou 40 gols. O centroavante deixou o Rio rumo ao México, para o Monterrey. Lá o jogador também teria uma curta passagem para ir diretamente ao encontro de seu sonho adormecido: o Flamengo.

O RECOMEÇO NO RUBRO-NEGRO

Agora, o menino Nunes passa a ser: Nunes, o artilheiro das decisões. O jogador já havia vestido a camisa do Flamengo, mas desta vez seria diferente. Em 1980, nasceu um ídolo rubro-negro. Logo no mesmo ano, o Flamengo conquistaria seu primeiro título brasileiro, com um gol de um craque na final. Isso mesmo, com o gol decisivo de Nunes, deu início à uma sequencia de títulos, que entrariam para a história do clube carioca.

Quem nunca ouviu falar do Flamengo de 81? O time que fez história no futebol contava com o camisa 9 Nunes e seus companheiros Zico e Adílio. Neste ano, o clube carioca conquistou a América e menos de um mês depois conquistou o mundo, com dois gols do artilheiro das decisões na final.

O centroavante não parou de decidir depois de escrever o maior título da história rubro-negra. No ano seguinte à conquista flamenguista, viria outro título. Esta também com um gol de Nunes na final. Desta vez, o Campeonato Brasileiro de 1982 era vermelho e preto. No entanto, em 83, o jogador não teria o mesmo espaço no Flamengo, mas nada apaga a história já escrita.

https://www.instagram.com/p/BsZQkRThA6i/

O FIM DE UMA ERA

Logo depois de brilhar no Flamengo, Nunes alternou por vários clubes do país entre eles Botafogo, Náutico, Atlético-MG, entre outros. Teve passagem por Tiburones Acajutla de El Salvador. Em seguida, o centroavante voltou ao Flamengo para se despedir, junto de Zico. Ele encerrou sua carreira pelo Santa Cruz.

Uma coisa é indiscutível, Nunes entrou pra história do futebol. Saiu de Sergipe buscando seu espaço e teve, não só espaço, como uma brilhante trajetória. O centroavante levou alegria não só para corações flamenguistas, mas para todos aqueles amantes de futebol. Conheçam Nunes, ídolo do Flamengo e artilheiro das decisões.

Foto destaque: Reprodução/Rafael Moraes/Extra

Avatar
Lívia Marques
Escolhi jornalismo porque sempre foi minha paixão, fiz estágios em assessoria de imprensa e escrevi algumas matérias pra uma agência de publicidade, meu maior objetivo é conseguir me destacar na área esportiva e ir cada vez mais longe falando sobre o que eu amo.

Artigos Relacionados