Mirassol Giovani

Neste final de semana, o Mirassol anunciou o retorno de dois jogadores que estavam emprestados. Em suma, voltam para o time do interior de São Paulo o atacante Giovani e o meio-campista Kauan. A princípio, o primeiro estava no Atlético-MG. Enquanto o segundo defendeu as cores do Fluminense na temporada passada. Contudo, ambos já integraram o elenco e estão disponíveis para entrar em campo na próxima partida do clube. Aliás, que acontece amanhã, contra a Ferroviária às 20h (horário de Brasília), em casa.

Giovani

Mirassol Giovani
Foto: Divulgação/Mirassol

Antes de tudo, o atacante Giovani jogou a Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo Mirassol em 2019. Inclusive, foi o artilheiro do time no torneio. Em seguida, foi emprestado o Atlético-MG para completar as categorias de base do clube. Então, pelo Galo o jogador marcou nove gols na campanha do título brasileiro do time sub-20, no ano passado. Em síntese, a equipe de Belo Horizonte tinha a opção de compra do atleta, mas não exerceu e ele acabou voltando para a cidade Mirassol nesta temporada.

Kauan

Mirassol Kauan
Foto: Divulgação/Mirassol

Da mesma forma chega o meio-campista Kauan. Afinal, o atleta participou das campanhas históricas do Mirassol na Copa São Paulo de Futebol Júnior e do Paulistão de 2020, quando chegou à semifinal do torneio. Logo depois, foi emprestado ao Fluminense, do Rio de Janeiro. Contudo, pelo Tricolor Carioca ele participou somente de quatro jogos e não marcou gols. Assim como Giovani, Kauan voltou para o seu antigo clube e já pode ser relacionado para a próxima partida.

Próximos compromissos do Mirassol

Apesar de já estar classificado para as quartas de final, o Leão ainda tem mais três jogos pela frente na fase de grupos. Portanto, o técnico do Mirassol, Eduardo Baptista já pode relacionar o jogadores que voltaram de empréstimo para entrar em campo nesta segunda-feira (3), e enfrentar a Ferroviária. O jogo acontece no Maião, às 20h (horário de Brasília). Por fim, a partida terá transmissão dos canais SporTV, na TV fechada e do Premiere, no pay-per-view.

Foto destaque: Divulgação/Mirassol

Carlos Soares
Carlos Soares
Além da enorme paixão pelo esporte, eu sempre tive facilidade com a comunicação no geral. É uma habilidade que me destaca em qualquer ambiente que esteja. O desejo de fazer jornalismo surgiu devido a vontade de fazer com que essa aptidão possa me proporcionar grandes desafios em minha carreira profissional, principalmente na área esportiva. Ao ingressar na faculdade e estagiar na área, descobri diversas abordagens diferentes que o jornalismo pode ter e a quantidade de histórias que estão esperando para serem contatadas. O que fez eu me interessar ainda mais pela profissão e querer desempenhar um fazer jornalístico objetivo e de qualidade.

Deixe uma resposta