Matheus Cavichioli

A longa negociação entre América-MGMatheus Cavichioli finalmente chegou ao fim. Em resumo, o goleiro que se destacou pelo Coelhão no Brasileirão fica no clube por mais duas temporadas. Assim, o vínculo fica estendido até o final de 2023. Dessa forma, acaba as tratativas que duraram cerca de duas semanas, por conta de consultas feitas por times do G12.

Matheus Cavichioli fica no América-MG

De fato, agora é oficial, Matheus Cavichioli, de 35 anos, fica no América-MG. A saber, as partes celebraram um novo contrato com duração até o fim de 2023, com um “aumento salarial justo”, segundo seu empresário. Assim, o goleiro que foi destaque do Brasileirão 2021, postou uma mensagem no seu instagram, anunciando a novidade.

Como aprendi nesse tempo aqui no América, usufrui o máximo. Tentei me empenhar ao máximo, superar a desconfiança da chegada. Bem como, transformar em combustível e tentar alcançar os objetivos. E agora no final de tudo vejo que realmente fomos muito além do esperado, as vitórias foram muito superiores às derrotas“, iniciou seu depoimento.

Além disso, o jogador ainda agredeceu à confiança do clube e da torcida na sua permanência.

E como se não bastasse tudo que vivi com essa camisa, tenho a oportunidade de poder fazer mais. Muito obrigado pela confiança depositada e como sempre falo: espero estar à altura do América e sua torcida! Que venham os próximos dois anos!“, completou.

Assédio do mercado

Apesar do final feliz, a negociação foi complicada, como previsto pela direção no início das tratativas. A saber, essa dificuldade se dava pelo assédio do mercado. De fato, Matheus Cavichioli fez um grande Brasileirão pelo América. Assim, seria até natural as consultas acontecerem. Primeiro, antes mesmo do campeonato acabar, São PauloPalmeiras sondaram o atleta, informação confirmada pelo agente.

Depois, já no fim das negociações entre AméricaMatheus, outro clube fez uma consulta. Por isso que a renovação acabou demorando de sair. A saber, o Grêmio sondou o goleiro para a disputa da Série B, mas recuou.

Foto destaque: Divulgação / América-MG

Caian Oliveira
Minha paixão sempre foi o futebol. Mas, nunca sonhei em ser jogador. Não, meu sonho de moleque era levar o futebol às pessoas através da Comunicação. E aqui estou, realizando meu sonho.