Fluminense

Nesta quarta-feira (28), o Tricolor conquistou a primeira vitória na Libertadores. Assim sendo, o triunfo foi fora de casa, contra o Santa Fé, por 2 x 1. Desse modo, os dois gols foram marcados pelo atacante Fred, que, além de trazer a vitória ao time, alcançou uma marca histórica no Fluminense.

Além disso, o camisa 9 também foi o responsável pelo gol que selou o empate contra o River Plate, no jogo de estreia na competição. Portanto, com mais duas bolas nas rede, o centroavante acumulou 185 tentos feitos pelo clube. Assim sendo, Fred superou a marca de Orlando Pingo de Ouro, se tornando o segundo maior artilheiro da história do Flu.

Em entrevista coletiva após o jogo, o atleta falou sobre a emoção de colocar o seu nome em maior destaque na história tricolor.

“Antes do jogo, eu não coloco isso como meta. Mas, logo após o jogo, o nosso assessor lembrou disso. Quando eu fui fazer o agradecimento para a nossa torcida, acabei me emocionando. É algo grandioso na vida de qualquer atleta. Eu fico muito feliz por alcançar essa marca e fazendo gols importantes na Libertadores”.

Fred tinha conquistado o terceiro lugar na artilharia da equipe já em sua primeira passagem pelo time. Após sua última saída do Flu, em 2016, o atacante voltou ao clube em 2020, e veio com tudo! Assim, principalmente neste início de temporada, o jogador tem sido decisivo nos confrontos do clube.

Outras conquistas no Fluminense e na carreira

Recentemente, Fred ultrapassou a marca de 400 gols marcados na carreira. Além disso, na Libertadores, o atleta é líder absoluto, com 11 gols feitos pelo ataque tricolor. Assim, com mais outras dez marcações por outros times, o jogador se tornou o quarto brasileiro com mais gols marcados na competição intercontinental.

“Eu não canso de agradecer à nossa torcida, à diretoria, aos jogadores, que a cada dia fazem eu me sentir mais jovem. Espero continuar fazendo gols, sem esse objetivo de marcas pessoais”.

Portanto, além da boa colocação na artilharia da Libertadores e de alcançar a marca histórica no Fluminense, agora, o centroavante pode alcançar outro marco em sua carreira. Assim sendo, quer conquistar a artilharia absoluta do torneio ainda na temporada de 2021.

Haja vista que com três bolas na rede em dois confrontos pela Liberta, o atleta tem um gol a menos que Faravelli, do Independiente del Valle, e Diego Souza, do já eliminado, Grêmio. Assim, se iguala em marcações com Gabigol, do Flamengo, e Borja, do Junior Barranquilla.

Sendo assim, por todos os seus feitos em suas passagens pelo Fluminense, Fred acumula a conquista de dois Campeonatos Brasileiros, um estadual e, além de tudo, se tornou o maior ídolo dos últimos anos para a torcida tricolor.

Foto Destaque: Reprodução/Fluminense

Avatar
Juliana Veiga
Estudante de Jornalismo, carioca, 22 anos. Escolhi o jornalismo, pois é uma profissão admirável, que apresenta uma amplitude de áreas para atuação e possui a missão de informar e formar opiniões. Desde a minha infância sonhava em ser comunicadora, e a paixão pelo futebol sempre esteve presente em minha vida. Assim, tornando o jornalismo esportivo a primeira certeza que tive na profissão. Redatora em sites jornalísticos e apaixonada por esportes, escrita e fotografia.

Deixe uma resposta