Nesta quinta-feira (25), o Corinthians enfrentou o Internacional, em partida válida da 38ª rodada do Campeonato Brasileiro 2020. Sendo assim, ocorreu no Estádio Beira-Rio, às 21h30 (horário de Brasília). Com isso, sem pretensões no torneio, após ficar sem chances de uma vaga na Pré-Libertadores, o técnico Vágner Mancini, em entrevista coletiva, afirmou estar satisfeito com o desempenho da equipe.

“Jogo tenso, de carga emocional muito alta. As duas equipes brigando em campo. Jogo bem disputado. Na parte tática, o Corinthians foi extremamente aplicado. Fez o que estava determinado e, por isso, fez um bom jogo”, relatou Mancini. 

Além disso, o técnico ressaltou a ótima marcação, mesmo o Timão em 0 x 0, contra o Inter. Com isso, tirou o título dos Colorados, mas vale lembrar que o time gaúcho teve dois gols anulados pelo VAR.

O Internacional se expôs mais, mas acabou sendo neutralizado em certo momento. Jogo equilibrado. Nós com oportunidades interessantes, lances decididos pelo VAR, mas todas as decisões acertadas”, completou.

MANCINI NO CORINTHIANS

Antes de tudo, o Mancini chegou em outubro de 2020. Com isso, o objetivo do técnico era tirar o risco de rebaixamento do Corinthians. Após uma sequência de vitórias contra times importantes como Internacional, São Paulo, entre outros, conseguiu se livrar da Série B. Entretanto, apesar de não levar o clube paulista para a Libertadores, fez com que o time se classificasse para a fase de grupos da Copa Sul-Americana, que estreia em abril.

PRÓXIMO COMPROMISSO

Neste domingo (28), o Corinthians enfrenta o Red Bull Bragantino, na Neo Química Arena, em São Paulo, às 18h15 (horário de Brasília). A saber, em partida válida pela 1ª rodada do Campeonato Paulista 2021, onde faz sua estreia no estadual e busca o seu 31ª título em sua história, após ficar no vice-campeonato contra o Palmeiras em 2020.

Foto destaque: Reprodução / Mauro Horita / Estadão

Avatar
Juan Camilo
Meu nome é Juan Pablo, tenho 19 anos e estudo Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi (UAM). O jornalismo é um privilégio de estar nessa área incrível. Amo futebol, basquete, jogos antigos. Meu objetivo é conseguir ser um dos melhores jornalistas e ser correspondente esportivo.