Cinco dias depois do combo de técnicos demitidos, mais um comandante acabou deixando o cargo no Campeonato Brasileiro. Dessa vez, foi Enderson Moreira que deixou o comando do Ceará. A demissão foi anunciada nessa terça-feira (1). O clima do treinador no Vozão estava ficando insustentável. Isso aconteceu devido à sequência de oito jogos sem vencer.

Ao todo, Enderson participou de 23 partidas, com seis vitórias, cinco empates e 11 derrotas. Ou seja, 34% de aproveitamento à frente do Alvinegro. Sendo assim, junto com o treinador, saíram também os preparadores Edy Carlos e Ailton Serafim, além do auxiliar técnico Luís Fernando Flores. Neste momento, o Ceará ocupa atualmente a 15ª posição, com 22 pontos, quatro à frente do Cruzeiro, primeiro time na zona do rebaixamento.

Com a saída de Enderson, a diretoria do Ceará trabalha para anunciar um substituto. Conforme a informação do jornalista Alexandre Praetzel, o técnico LiscaDoido” pode retornar ao clube. “É um nome que está na nossa lista, mas não tem nada certo. Todo treinador que fez um bom trabalho aqui sempre será lembrado por nós”, afirmou Robinson, presidente do clube – no trecho da publicação de Praetzel.

Em contrapartida, o técnico que salvou o próprio Ceará do rebaixamento no ano passado, não descarta a possibilidade de retornar: “Se receber o convite, vou analisar com carinho”. O treinador foi dispensado após perder o título cearense para o Fortaleza, há poucos meses. Dessa maneira, na ocasião, os atuais campeões venceram por 3 x 0 no placar agregado.

Na publicação anterior relacionado aos técnicos no Brasil, o técnico Marquinhos Santos da Chapecoense foi colocado como o próximo a ser demitido por um clube. No entanto, Enderson surpreendeu a todos ao pedir demissão do clube. A assessoria do ex-técnico do Ceará publicou nas redes sociais uma nota de despedida. Dessa forma, no texto, ele agradece a diretoria e torcida, além de desejar sorte ao clube na sequência do Campeonato.

Confirma a nota de Enderson na íntegra

View this post on Instagram

NOTA OFICIAL – ENDERSON MOREIRA . “Após ser comunicado do meu desligamento pelo presidente do clube, encerrou-se, hoje, minha caminhada no comando técnico do Ceará. Foram pouco mais de cinco meses de uma parceria pautada na honestidade e no equilíbrio, que levarei na memória com muito carinho. . Gostaria de agradecer a todos funcionários de apoio do clube, sem exceção, pelo respeito durante esse tempo. Foi engrandecedor viver o Ceará com vocês, pessoas tão dispostas a contribuir para o crescimento da instituição em todos os sentidos. Em especial, deixo meu muito obrigado ao presidente Robinson de Castro, sempre transparente e correto em suas ações, bem como os grandes profissionais João Paulo Silva, Pinheiro e Marcelo Segurado, vice-presidentes e diretor de futebol do Ceará, respectivamente. . Não posso deixar de citar o torcedor alvinegro, apaixonado por esse grande clube e sempre presente. Agradeço pela oportunidade de tê-los tido ao meu lado ao longo desse período em que vivemos momentos marcantes. Por fim, preciso valorizar o grupo de jogadores. Obrigado pela entrega e confiança no trabalho desenvolvido pela comissão. Vocês são capazes e tenho certeza de que farão o que for preciso para manter o Ceará no lugar que ele merece estar, que é a elite do futebol brasileiro. . Grato pela experiência, deixo aqui meu mais sincero muito obrigado! Um forte abraço e boa sorte na sequência. . Enderson Moreira”

A post shared by #timeFrancisMelo (@timefrancismelo) on

Thiago Lopes
Thiago Lopes
Thiago Lopes, 20 anos. Estudante de jornalismo - 6º semestre.

Artigos Relacionados