Na vitória diante do Atlético-GO, Léo, zagueiro do São Paulo, tomou o 3° cartão amarelo e será desfalque no próximo jogo. Assim, a suspensão do atleta será cumprida na partida contra o América-MG. O duelo ocorre na quarta-feira (22), às 20h30 (horário de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro.

A princípio, a preferência de Hernán Crespo é por atuar com três zagueiros. Contudo, Miranda estava suspenso no jogo contra o Atlético-GO. Portanto, o treinador optou por uma linha de quatro defensores. Agora, o capitão poderá ser relacionado, mas Léo vai ficar de fora. Dessa forma, há dúvidas sobre qual esquema tático o comandante são-paulino vai preferir para o próximo confronto.

Léo tomou o cartão amarelo na 2ª etapa após precisar impedir um ataque promissor. Nesta partida, o jogador foi o único que recebeu essa advertência pela equipe do São Paulo. Entretanto, o Tricolor Paulista é o time que mais vezes foi amarelado no Campeonato Brasileiro. Claro, a comissão técnica deve ficar atenta nesta questão e diminuir o número de faltas.

Assim como Miranda, Benítez também cumpriu suspensão neste duelo. Entretanto, o meia recebeu uma punição do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Afinal, quando o Tricolor enfrentou o Athletico, o camisa 8 chutou a bola para dentro do campo enquanto estava no banco de reservas. Assim, a atitude anti-despostiva fez com que o atleta ficasse de fora por dois jogos.

Dessa forma, para o próximo jogo, Léo é o único desfalque da equipe do São Paulo por suspensão, mas o time está repleto de pendurados. Então, Galeano, Rodrigo Nestor, Luan, Gabriel Sara e Rigoni não podem tomar cartão amarelo. Afinal, podem ficar de fora do duelo contra o Atlético-MG, líder do Brasileirão.

Foto Destaque: Reprodução/Marcello Zambrana/AGIF

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.