Julio César Falcioni é o novo técnico do Independiente. Apesar de ser cotado para assumir o comando do Banfield nas próximas semanas, ele mudou de ideia após receber a proposta do clube de Avellaneada. O anúncio foi feito na manhã deste quinta-feira (21), pela redes sociais do Rei de Copas. Em síntese, o Imperador chega para ocupar a vaga deixada por Lucas Pusineri.

Antes de assinar com Falcioni, o Independiente sonhava em contar com outro nome. A ideia que estava em primeiro lugar era ter Hernán Crespo no comando clube. Contudo, Crespo vai disputar a final da Copa Sul-Americana, neste sábado (22). Portanto, não pretende deixar o clube neste momento. Sendo assim, o El Rojo abandonou a ideia. Pois queria assinar com um novo técnico o mais rápido possível. Assim, surgiu o nome de Falcioni.

A princípio, o contrato tem validade até dezembro de 2021. Além disso, essa é a segunda passagem do ex-jogador, de 64 anos, por Avellaneda. Na primeira vez, ele tinha Omar de Felippe e Ariel Holan na comissão técnica. Contudo, agora leva consigo Pedro Monzón, que deverá ocupar essa vaga. A apresentação oficial ocorre amanhã, às 12h.

O RETORNO DO IMPERADOR

Agora que Julio César Falcioni é o novo técnico do Independiente, ele confirma o seu retorno ao clube que dirigiu há 15 anos atrás. Na época, Sergio Agüero era o principal nome do Rei de Copas. Então, similarmente ao que fez em 2005, agora o Imperador terá de comandar uma equipe de jovens atletas.

Naquele torneiro Apertura, Falcioni dirigia uma equipe como nomes importantes como Oscar Ustari, Lucas Biglia, e David Abraham. Além do próprio Kun. Aos 17 anos, Agüero já era considerado uma das maiores promessas do clube de Avellaneda. Pois, alguns anos antes, ele foi o atleta mais jovem a estrear na Primeira Divisão. No entanto, hoje o experiente treinador tem a missão de lapidar outro jogador promissor, Alan Velasco.

Diferente do atual centroavante do Manchester City, hoje Velasco está no time titular do Independiente. Além disso, o Imperador ainda tem a oportunidade de utilizar outros jovens do elenco. Lucas González e Alan So Soñora são boas opções.

Reprodução/Orgullorojo
Foto: Reprodução/Orgullorojo

A primeira passagem do Imperador durou duas temporadas. Em suma, foram 75 jogos ao longo de dois anos. Mas o treinador não foi tão bem. Venceu apenas 26 partidas. Porém, Falcioni fez bons trabalhos após a saída dele do Independiente. Dessa forma, retorna à antiga casa.

Foto destaque: Divulgação/Independiente

Carlos Soares
Carlos Soares
Além da enorme paixão pelo esporte, eu sempre tive facilidade com a comunicação no geral. É uma habilidade que me destaca em qualquer ambiente que esteja. O desejo de fazer jornalismo surgiu devido a vontade de fazer com que essa aptidão possa me proporcionar grandes desafios em minha carreira profissional, principalmente na área esportiva. Ao ingressar na faculdade e estagiar na área, descobri diversas abordagens diferentes que o jornalismo pode ter e a quantidade de histórias que estão esperando para serem contatadas. O que fez eu me interessar ainda mais pela profissão e querer desempenhar um fazer jornalístico objetivo e de qualidade.

Artigos Relacionados