Independiente x Argentinos Juniors

Independiente e Argentinos Juniors empataram na noite deste domingo (18) por 0 x 0, na estreia da Liga Profissional da Argentina. O duelo aconteceu no estádio Libertadores da América e ambos os lados jogaram com reservas. Como resultado, cada lado soma apenas um ponto na tabela nacional.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DE INDEPENDIENTE X ARGENTINOS JUNIORS

1º TEMPO: EL ROJO OFENSIVO 

Apesar da partida ter ocorrido na casa do Independiente, foi o Argentinos que começou tendo a melhor chance. Com minutos de jogo, em um contra-ataque, Coronel tentou por cobertura e, por pouco, não abriu o placar. Em seguida, os mandantes partiram para cima e dominaram o restante da etapa. Rodriguez, Lucas Romero, Silvio Romero e Palacios tiveram boas chances, mas sem sucesso. O destaque deste tempo foi o goleiro Chávez que salvou os visitantes duas vezes.

2º TEMPO: ETAPA MOVIMENTADA E GRANDES DEFESAS DE CHÁVES

Os 45 minutos finais foram marcados por bastante movimentação de ambos os clubes. O Argentinos Juniors cresceu, criou chances e finalizou bastante. No entanto, as tentativas foram inofensivas e a equipe não ameaçou com perigo. O El Rojo, por outro lado, buscou fielmente o gol, finalizou com precisão, mas Cháves apareceu novamente e salvou os visitantes em três oportunidades. Assim, o placar não alterou e terminou sem gols para os dois lados.

INDEPENDIENTE X ARGENTINOS JUNIORS – E AGORA?

Como resultado do empate sem gols, os clubes estrearam com apenas um ponto cada e seguem situados no meio da tabela. O foco, no entanto, é no confrontos sul-americanos que acontecerão no meio da semana. O Independiente recebe o Santos na quinta-feira (22), às 19h15 pelas oitavas da Copa Sul-americana.

O Argentinos, da mesma forma, duela em casa, mas em clássico árduo contra o River Plate. Assim, os argentinos disputam uma vaga para as quartas de final da Libertadores na quarta-feira (21), às 21h30.

Foto destaque: Divulgação / Independiente

Isabella Cunha
Sou de Belo Horizonte, tenho 22 anos, estudo jornalismo na PUC Minas, sou cartoleira e apaixonada por um time aí. Admiro a influência do futebol na vida das pessoas e, claro... na minha! Essa paixão me move, eu vivo por esse sentimento. E viverei. Tanto pessoalmente, como profissionalmente.