Crespo

Nesta terça-feira (20), o São Paulo vai a campo enfrentar o Racing. As equipes vão disputar o jogo de volta das quartas de final da Libertadores. Portanto, caso o Tricolor perca a partida, estará fora da competição continental. Porém o treinador Hernán Crespo está respaldado pela diretoria do clube. Dessa forma, mesmo que o time não avance, o comandante está garantido no cargo.

Sabe-se a importância da Libertadores para os clubes brasileiros. Aliás, o São Paulo sempre tratou a competição como uma prioridade. Por isso, foi a primeira equipe brasileira a alcançar a marca de tricampeã. Portanto, ser eliminado neste torneio costuma colocar em xeque o trabalho de alguns treinadores. Decerto, não será assim com Crespo.

Afinal, o técnico argentino foi o responsável por fazer o São Paulo encerrar o jejum de títulos. Aliás, a equipe paulista não levantava taças desde 2012. Ou seja, diretoria, comissão e torcida estão satisfeitos com o trabalho de Crespo. Entretanto, o que deixa os são paulinos aflitos é a péssima sequência do time no Campeonato Brasileiro. Porém, ao que tudo indica, o mal desempenho é devido ao excesso de lesões dos jogadores.

A intenção do São Paulo é seguir com o comandante até o fim do contrato. Bem como, tem preparado o treinador Alex, do sub-20, para assumir essa função no time titular futuramente. Afinal, caso os resultados do trabalho de Hernán Crespo sejam positivos, a tendência é que cheguem propostas europeias. Portanto, mesmo que o Tricolor caia na Libertadores, Crespo está respaldado.

Claro, quando o assunto é futebol brasileiro, deve-se desconfiar das falas de alguns dirigentes. Portanto, é o momento de ter cautela com o treinador argentino.

A princípio, São Paulo e Racing jogam nesta terça-feira (20), em Avellaneda, às 21h30 (horário de Brasília), pela Copa Libertadores.

Foto Destaque: Divulgação/São Paulo

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.

Deixe uma resposta