Palmeiras

Antes de mais nada, o Palmeiras enfrentou o Assú-RN pela Copinha. Então, realizou algumas doações à equipe modesta do Rio Grande do Norte. Com isso, conversamos com o goleiro Isac para entender toda a dificuldade do clube e como foi a experiência de duelar contra um dos maiores do país.

Decerto, Isac é goleiro do time profissional do Assú-RN, desde 2020, e foi inscrito na Copinha para agregar o time da base. Confira a bate-papo com o atleta:

Entrevista

Muitos falam que a Copinha, para os atletas, é uma Copa do Mundo. Você enxerga dessa forma? Qual a sensação de disputar o torneio?

“Realmente, é como se fosse uma Copa do Mundo a vitrine é muito grade e é muito gratificante para mim poder disputar , uma competição tão importante como a Copa SP.”

Nessa edição, o Assú-RN caiu no grupo do Palmeiras. Como vocês enxergaram essa oportunidade de visibilidade para a equipe e como foi a experiência de duelar contra um grande clube do Brasil?

“Disputar contra o Palmeiras é uma visibilidade enorme. Por ser um clube gigante do nosso país. De certa forma, conseguimos fazer um bom jogo que repercutiu no Brasil todo. Apesar do resultado, foi de muita importância esse jogo não só para mim como para o projeto Assú.”

É certo, que o investimento do Palmeiras é desproporcional ao Assú-RN. Dentro das quatro linhas, isso foi nítido? Qual a maior diferença você sentiu?

“Sim, a estrutura nem se compara. Por isso, já fomos a partida sabendo de todas as dificuldades que tínhamos pela frente.”

Foram divulgadas algumas fotos de atletas do Palmeiras lhes entregando materiais esportivos. Como aconteceu essa aproximação?

“Sim, nós recebemos algumas doações. O goleiro Kaique me deu uma luva, a experiência foi uma das melhores, a gente passa muitas dificuldades para chegar até aqui na nossa Copa do Mundo. Então, quando recebemos ajudas como essas, me sinto muito grato. Com certeza, vou levar para vida toda, jamais esquecerei disso.”

Por fim, o Assú-RN, já eliminado, se despedirá da competição nessa terça-feira (11). Enquanto, o Palmeiras disputará, contra o Água Santa, a liderança do grupo.

Foto destaque: Divulgação/Fábio Menotti/Palmeiras

Vinicius Gobi
Prazer! Meu nome é Vinícius Gobi e sou apaixonado por esportes desde que me conheço por gente. Para mim, é impossível ficar um dia sem comentar/conversar ou usar o produto futebol. Essa é a minha paixão e tenho certeza que é disso que quero trabalhar, com o que eu amo. Atualmente tenho uma página com alguns amigos meu no Instagram, @debate.fcs nela fazemos análises, postamos informações e coberturas de jogos do Brasileirão Feminino A1, credenciados. O meu maior objetivo, é adquirir experiência para sempre evoluir na comunicação. Com o intuito de estar preparado a qualquer oportunidade.

Deixe um comentário