De antemão, novas notícias surgiram nessa última semana no Futebol Argentino. O ídolo do Platense, Daniel Vega, se aposentou dos gramados. O ex- goleiro Pablo Cavallero se envolveu em um acidente, no qual matou um homem.

DANIEL VEGA SE APOSENTA NO PLATENSE

Na última partida do Platense, o ídolo do clube, Daniel Vegase despediu dos campos. Estando perto de completar os seus 40 anos, o atacante decidiu encerrar a sua carreira como jogador. O ex- jogador ajudou o clube retornar à primeira divisão do Futebol Argentino, depois de quase 22 anos.

Daniel Vega iniciou sua carreira no futebol em 2002 pelo Platense em uma partida contra o Argentino de Rosario. Jogou por diversos times, entre eles, o Estudiantes BA, Los Andes, Emelec, San Martín de Tucumán, Huracán e Godoy Cruz. Entretanto, o jogador voltou ao Calamar em 2017. Por certo, em dezembro do mesmo ano se tornou um dos maiores goleadores da história do clube.

A saber, foi na partida válida pela 3ª rodada do Campeonato Argentino que Vega entrou no 1º tempo e foi substituídos aos 9′, em homenagem ao número da sua camisa.

“Um clube que não tem memória não tem futuro. É por isso que devemos nos orgulhar que Daniel esteja conosco hoje”, Bianchini se pronunciou, na coletiva de despedida do jogador.

HOMEM ATROPELADO POR PABLO CAVALLERO MORRE

O ex-goleiro da Seleção Argentina e atual diretor esportivo do Vélez, Pablo Cavallero, se envolveu em um acidente no qual atropelou um homem de 56 anos. A vítima morreu no mesmo instante do atropelamento.

A princípio, de acordo com as notícias divulgadas pelos veículos argentinos, isso aconteceu na Rodovia 2, na área de Echeverry. No momento, a polícia argentina realiza o laudo das perícias para saber a causa do acidente. Contudo, foi aberto uma ocorrência à Pablo Cavallero por homicídio culposo. O ex-jogador fez os exames para saber se no momento em que o acidente ocorreu havia álcool no sangue.

APESAR DO MERCADO ESTAR FECHADO, BOCA JUNIORS PODE CONTRATAR ATACANTE

Na última partida do Boca Juniors contra o Sarmiento, o jogador Eduardo Salvio rompeu os ligamentos do joelho e ficará fora dos gramados por seis meses. A lesão do atacante, que aconteceu aos 20 minutos do 1º tempo, é bastante grave e o prazo de recuperação chega à 180 dias.

Contudo, o clube pode agregar um jogador no lugar de Salvio. Já que o atacante ficará mais de quatro meses se recuperando. O regulamento do campeonato afirma que essa contratação só é permitida até 66% da temporada ocorrida. O Boca Juniors terá cerca de 10 dias úteis para se movimentar no mercado. A equipe já tem alguns nomes em mente para substituto e é provável que algum garoto possa agregar no time.

Foto Destaque: Reprodução / Platense

Avatar
Joana Lacerda
Fazendo uma junção das coisas que eu mais amo: esportes, jornalismo e escrita; cheguei a conclusão de que era o jornalismo esportivo que eu queria para a minha vida. Me resumo como uma baiana estudando na capital do Brasil com o objetivo de alcançar o que tanto desejo, que é trabalhar nessa área do esporte e me capacitar cada vez mais!

Deixe uma resposta