Fluminense enfrenta o Cerro Porteño na Libertadores

Na tarde desta terça-feira (1°), ocorreu o sorteio das oitavas de final da Libertadores, na sede da Conmebol. Dessa forma, o Fluminense descobriu qual será seu próximo oponente na competição intercontinental. Bem como, o Tricolor vai enfrentar o time paraguaio Cerro Porteño.

Além disso, por ter conseguido se classificar sendo o líder do Grupo D, o Flu decide a vaga nas quartas de final no Maracanã. Por outro lado, o Cerro Porteño se classificou ocupando a vice-liderança da chave H. A saber, o primeiro jogo será em Assunção, no Paraguai.

As partidas de ida das oitavas de final estão previstas para a segunda semana de julho. Enquanto isso, os jogos de volta devem acontecer na semana seguinte. Sendo assim, na classificação das quartas de final, quem avançar no confronto entre Fluminense e Cerro Porteño enfrentará o vencedor do embate entre Vélez Sarsfield-ARG e Barcelona de Guayaquil-EQU.

Dessa forma, o presidente Mário Bittencourt falou sobre o próximo desafio do clube:

“Recado que deixo é o mesmo que deixei ao final do sorteio da primeira fase: que vamos honrar essa camisa e vamos fazer um grande confronto nas oitavas de final. Que possamos passar, seguir na competição e trazer esse título para a nossa torcida, que tanto merece e espera isso há tanto tempo. Que a gente siga focado, que a torcida siga ao nosso lado, ao lado dos jogadores, dando todo apoio”.

Assim, o sorteio foi entre os 16 times classificados. No pote A ficaram os clubes que avançaram como líderes, e no pote B, os 2° colocados. Desse modo, não teve a restrição de confrontos entre dois times do mesmo país para a fase de mata-mata. Além disso, não houve bloqueio caso voltasse a ter confrontos entre as equipes que fizeram parte do mesmo grupo anteriormente.

Foto Destaque: Divulgação/Fluminense

Avatar
Juliana Veiga
Estudante de Jornalismo, carioca, 22 anos. Escolhi o jornalismo, pois é uma profissão admirável, que apresenta uma amplitude de áreas para atuação e possui a missão de informar e formar opiniões. Desde a minha infância sonhava em ser comunicadora, e a paixão pelo futebol sempre esteve presente em minha vida. Assim, tornando o jornalismo esportivo a primeira certeza que tive na profissão. Redatora em sites jornalísticos e apaixonada por esportes, escrita e fotografia.

Deixe uma resposta