Ferroviário x Caucaia como aconteceu - Resultados, destaques e reações

Nesta terça-feira o Ferroviário recebeu o Caucaia em partida válida pela 2ª rodada do Campeonato Cearense 2022. Após o empate por 1 x 1 com o Iguatu na estreia do estadual, o Tubarão da Barra recebeu a Raposa Metropolitana no estádio Domingão, em Horizonte (CE), pois seu campo ainda se encontra em reforma.

Assista aos melhores momentos de Ferroviário x Caucaia

 

1º Tempo – Gols vieram cedo

A equipe do Ferroviário foi a única à entrar em campo com desfalque. O atacante Clisman, sofreu uma fratura na clavícula na partida contra o Iguatu. No entanto, o jogador já está em recuperação, mas não volta a atuar no campeonato. Dessa forma, ambas as equipes foram em busca da vitória, o Tubarão por conta do empate anterior e a Raposa para aumentar a vantagem na tabela.

Com isso, as chances para as duas equipes não foram muitas. Como resultado, os gols do empate vieram logo na primeira etapa. O visitante Caucaia saiu na frente com Vanderlan, que chutou com efeito encobrindo o goleiro, logo aos cinco minutos. E o empate do Coral veio aos 21'com o atacante Edson Cariús, que mandou de cabeça para o fundo da rede.

2º TEMPO – Mudanças que não surtiram efeito

Com mudanças táticas e substituição, ambas as equipes retornaram mais atentas. Contudo, apesar das chances de gols, que foram poucas, nenhuma das equipes conseguiu ser mais agressiva e mudar o placar. Assim, o placar ficou mesmo em 1 x 1.

Ferroviário x Caucaia – E Agora?

Em suma, o Ferroviário passa a somar apenas dois pontos, já o Caucaia, chega aos quatro pontos. As equipes voltam a campo no próximo sábado (15), pela 3ª rodada do Campeonato Cearense. Por fim, o primeiro enfrenta o Atlético Cearense, às 15h (Horário de Brasília), no estádio Domingão. Enquanto isso, o segundo encara o Icasa, às 16h (Horário de Brasília), no estádio João Ronaldo, em Pacajus.

 

Foto de Destaque: Divulgação/ Lenilson Santos/Ferroviário

Larissa Lisboa
O esporte sempre foi muito presente na minha vida, assim como a leitura e a escrita. Ser mulher no meio esportivo não é uma tarefa fácil. Por isso, um dos meus grandes objetivos é mostrar que entendo de esporte tanto quanto eles. Com a Educação Física, ganho muito conhecimento dos esporte em si, e com o jornalismo tenho a liberdade e a oportunidade de ser porta-voz do nosso esporte e, principalmente, dos nossos atletas. Sou uma pessoa centrada, perfeccionista e que sempre doa o máximo em cada projeto. Amante das artes, cultura geek e um bom livro acompanhado de um cafezinho. Meu objetivo é nunca deixar de evoluir. Diante disso, já fui parte da equipe dos Torcedores, onde dei meus primeiros passos no jornalismo esportivo. Atualmente faço parte do time de colunistas do Rainhas do Drible, escrevo sobre atletismo na Rádio Poliesportiva e me junto ao Futebol na Veia, com o objetivo de somar a equipe e dar maior visibilidade ao Futebol Feminino, sendo setorista do Ceará.