Fellipe Bastos fala sobre: ”nível de concentração alto, contra o Palmeiras”

Na manhã de ontem, o volante Fellipe Bastos concedeu entrevista coletiva para a imprensa. E destacou que o time do Goiás deve manter uma concentração alta para enfrentar o líder Palmeiras

Fellipe Bastos fala do rendimento da equipe

Contudo, o jogador esteve ausente na vitória por 1 x 0 contra o Coritiba, pelo motivo de cumprir suspensão. Mas diante deste jogo Fellipe Bastos fica à disposição do Goiás para o jogo de domingo, fora de casa. 

Sendo assim, o elenco esmeraldino tem pela frente um jogo durante a semana. Com isto, o time pode ter a vantagem de treinar mais, o que pode ser fundamental em termos de atuação e da melhora a questão física do time, pois com os treinos e sem o desgaste das viagens o Goiás pode chegar nos jogos “mais inteiros”, que  os adversários.

“Na questão física, acho que a gente chega preparado para os jogos.” comentou Fellipe

Em relação ao próximo jogo contra o Palmeiras. Fellipe comentou sobre o campo do estádio:

“ E um campo de grama sintética, um campo muito mais rápido. Ainda mais com um adversário disputando a Libertadores. Sabendo que são jogos de alta intensidade. E se eles vierem com um time teoricamente mesclado, nós sabemos a qualidade da equipe do Palmeiras. Temos que ter atenção. E quem sabe fazer um bom jogo pela semana que vamos ter” disse o meia.

Jogo difícil contra o líder

A partida contra o líder será bastante difícil, mas com garra, determinação e atenção no jogo, o Goiás tem chances de sair de campo com os três pontos na bagagem.

“ Devemos aperfeiçoar e arrancar pontos do líder, e quem sabe voltar pra Goiânia com os três pontos”, disse Fellipe Bastos.

O objetivo da equipe e manter o nível de atenção e fazer um segundo turno do campeonato diferente do primeiro: 

“Temos a meta de fazer o segundo turno melhor que o primeiro, já começamos diferente ganhando do Coritiba em casa, e vamos tentar fazer um jogo diferente contra o Palmeiras nós sabemos da dificuldade, mas vamos manter a atenção”, completou o jogador.

Para finalizar o volante Fellipe Bastos destacou de o porque o elenco, consegue fazer boas atuações contra os times da ponta:

“Acho que é o nível de concentração, conversamos bastante. Nosso nível de concentração tem que ser igual em todos os jogos. Ainda mais contra equipes que estão disputando na ponta da tabela. Esses jogos são os especiais”, finalizou Fellipe Bastos.

Foto destaque: Rosiron Rodrigues/Goiás

Márcia Regina
Meu nome é Márcia Regina. Formada em Jornalismo, pela Puc Minas, tenho 28 anos de idade. Para mim o Jornalismo tem como característica, várias formas de aprender sobre os mais diversos assuntos. Estou aqui para demonstrar um pouco da minha paixão por Jornalismo Esportivo.

Deixe um comentário