Fórmula Pernambucano

Na última segunda-feira (18), após reunião na sede da Federação Pernambucana de Futebol, o Conselho Arbitral definiu alterações na fórmula do Pernambucano de 2020. Assim, ao todo, serão 13 datas distribuídas em quatro fases. A competição começa no dia 18 de janeiro, mas ainda é incerta a data das finais, que será acordada junto à CBF. Aliás, segundo o presidente da entidade, Evandro Carvalho, os clubes alinharam e saíram satisfeitos com o novo formato de disputa.

FÓRMULA DA COMPETIÇÃO

Como nos dois últimos anos, o estadual será disputado por 10 clubes: Sport, Santa Cruz, Náutico, Salgueiro, Central, Vitória, Afogados, Petrolina, Decisão e Retrô. As equipes se enfrentarão em turno único em jogos apenas de ida. Dessa maneira, se classificam para a próxima fase os seis melhores colocados. Já os quatro piores competirão para evitar a queda à Série A2 por meio de um quadrangular de pontos corridos que definirá os dois rebaixados.

Ao passo que do G6, os dois primeiros avançam diretamente para as semifinais. Enquanto que os quatro times restantes duelam para seguir para a próxima fase por meio de um cruzamento olímpico em jogo único. Já na semifinal, devido a melhor campanha na primeira fase, líder e vice-líder jogam em seus respectivos domínios, novamente em jogo único. Sendo assim, apenas a final será disputada em dois jogos, com o time de melhor campanha na primeira fase decidindo em casa.

Diferenças em relação à 2019

Logo, a diferença para a edição de 2019 é que nesta avançavam oito equipes já na primeira fase e os dois últimos eram, automaticamente, rebaixados. Na reunião, também foi definido o fim da decisão do 3º lugar, que pouco atrativo possuía. Assim, o ocupante será definido por meio da pontuação geral. Evandro Carvalho, presidente da FPF, comentou o saldo positivo da reunião:

Foi muito boa a reunião, tivemos a satisfação do alinhamento de todos os clubes. Aquela proposta que a Federação insistia em não ter a disputa do 3º lugar unanimemente foi aceita. Passar os seis clubes também foi unanimemente aceita, com os dois passando para a semifinal. E outras questões macro como divisão de renda nas quartas e semifinais. Talvez em cinco anos tenha sido a primeira vez que tenhamos tido apenas uma reunião, alinhando as posições de todos os clubes e definido o modelo em uma única reunião. A Federação fica muito satisfeita” – disse Evandro Carvalho.

TABELA DO PERNAMBUCANO

Em 2020, a competição tem o atrativo da volta do atual campeão, Sport, à Série A conquistada ontem contra a Ponte Preta, depois do rebaixamento em 2018. Da mesma forma, Santa Cruz e Náutico, este de volta á Série B após dois anos, são os rivais diretos na briga pelo título estadual. Nesse sentido, a edição marca o debute de duas agremiações: o Decisão, de Pombos, e o Retrô, de Camaragibe.

Com isso, a tabela do Campeonato Pernambucano 2020 já foi divulgada com destaque para o Clássico dos Clássicos já na primeira rodada. Enquanto que a primeira fase será encerrada com o Clássico das Multidões. A tabela completa você confere no site da FPF. A saber, veja os jogos da rodada inicial que será disputada entre os dias 18 e 19 de janeiro, com o jogo de abertura isolado no sábado (18) no Arruda:

Santa Cruz x Petrolina (Arruda)

Náutico x Sport (Aflitos)

Vitória x Decisão (Arena de Pernambuco)

Central x Retrô (Lacerdão)

Afogados x Salgueiro (Vianão)

Foto Destaque: Reprodução / Blog do Cássio Zirpoli

Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

Artigos Relacionados