Dani ALves

A relação entre Dani Alves e São Paulo deve ganhar um fim nesta quinta-feira (16). Afinal, a rescisão contratual deve ser assinada. Assim, os valores farão com que a dívida do clube seja ainda maior, cerca de R$30 milhões. Contudo, há a necessidade de concluir esta pendência rapidamente. Portanto, o acordo deve ser anunciado nas próximas horas.

Segundo apuração do Futebol na Veia, o São Paulo pagará R$9 milhões pela quebra do contrato. Além disso, o clube deve ao lateral-direito R$18 milhões referente a salários e direitos de imagem. Dessa forma, a tentativa é de encerrar o vínculo de maneira “amigável”. Entretanto, o atleta não descarta travar uma batalha judicial contra o Tricolor Paulista.

Após a eliminação para o Fortaleza, na Copa do Brasil, Carlos Belmonte falou sobre o assunto. O diretor tratou de não falar sobre valores, mas deixou claro que a rescisão está encaminhada.

”A questão do Daniel está sendo tratada pelo financeiro e jurídico. Temos a notícia de que as conversas estão em bom tom e que brevemente vamos ter o acerto com o Daniel, que é um grande jogador. Não estamos participando das negociações, mas pelo que sei é que caminha bem para um acerto.”, disse Belmonte

Para o São Paulo, a dívida com Dani Alves faz aumentar o rombo financeiro do clube. Assim, o Tricolor Paulista tem, aproximadamente, um déficit de R$600 milhões. Além disso, com a derrota para o Fortaleza, o time deixa de ganhar um valor alto, que ajudaria nas despesas. Agora, a diretoria vai correr atrás de sanar esses problemas.

Dani Alves também tinha muito interesse em acelerar esse processo. Afinal, o atleta tem até o dia 24 para assinar com uma nova equipe para a disputa do Campeonato Brasileiro. 

Foto Destaque: Divulgação/ São Paulo

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.