cuca

Em suma, o treinador Cuca não quer, de jeito nenhum, o rótulo de de favorito na temporada. Decerto, o time é líder do Brasileirão, além de estar nas semifinais da Copa do Brasil e da Libertadores. Além da boa campanha, o Galo tem uma das melhores defesas de toda a temporada, além do ataque poderoso, com nomes como Hulk e Diego Costa.

Portanto, com tantos pontos positivos, Cuca prega respeito e equilíbrio para todos os rivais. O treinador, além de não vestir a camisa de melhor time, ainda joga o favoritismo para outras equipes, como o Palmeiras, que é o atual campeão da Libertadores:

 “Vamos competir agora com o Palmeiras. As chances que a gente tem são iguais às do Palmeiras. Nós vamos competir com o Fortaleza, e as chances que a gente tem são iguais às do Fortaleza. Não adianta. Os caras estão fazendo um baita trabalho. Não adianta dizer: ‘vocês são os favoritos para isso ou aquilo’. Você está competindo com o Flamengo, com o Palmeiras, com grandes equipes no Campeonato Brasileiro”.

Entretanto, mesmo quando prega o desejo de vencer, Cuca ainda fica com o pé atrás para confirmar. O treinador tem medo dos “perigos do futebol”:

“Você tem a vontade de vencer. Ela é depositada jogo a jogo, e a gente tem que ir pondo isso até o final dos campeonatos. Lá você vê o que foi de melhor que conseguiu. Agora, as dificuldades vão aumentando. Hoje, a gente está feliz com todos esses números. O fracasso e o sucesso andam juntinhos. A gente tem que ter muito cuidado, porque se não tiver as conquistas, vão vir as críticas”.

Foto destaque: Reprodução/Atlético-MG

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!